quinta-feira, fevereiro 28, 2008

F(a)r(n)e(r)ud explica?

Nunca foi muito à bola com aquela coisa da interpretação dos sonhos, mas hoje deito-me no vosso divã para vos contar o sonho que tive nesta noite:

A cena passava-se em Alvalade, no derby que aí vem.

Livre perigoso contra o Benfica (uma escandaleira).

Quim orientava a barreira.

Rui Costa era o jogador que estava de costas para a bola e que ia recebendo as indicações do guarda-redes encarnado.

Assim que perceberam que era Ronny quem se aproximava da bola para cobrar o livre, seguramente a 222 km/h, os jogadores do Benfica começaram a formar a barreira à frente do maestro.

Lá do fundo, Quim barafustava.

Rui Costa só então se apercebeu da estranha colocação dos colegas e perguntou qual era a ideia.

Um deles respondeu-lhe: «Que se lixe a baliza, estamos fodidos é se te acontece alguma coisa

Isto quer dizer exactamente o quê?

Os agressores de Rui Santos


Por aqui, achámos muito estranha a história da alegada agressão a Rui Santos. Investigámos, e descobrimos o gang, incluindo o elemento que teria facultado a fuga num BMW. A verdade é esta:

Os putos moram todos perto das instalações da SIC, na Azinhaga dos Barronhos, um bairro problemático da zona. O Broas, que não tem mais de 8 anos, veio do Porto todo contente com um bastão todo XPTO que tinha arranjado através de uns amigos do primo que queriam deitá-lo ao rio. Quando o mostrou lá na rua, o Zé Tangas, um ano mais velho, achou o bastão muito pequenino. O Broas disse que era por ser telescóptico, telescóquico, ou lá o que era, que dava para ficar maior quando se fazia assim. Mesmo depois de estendido, o Tangas continuou a achá-lo muito pequenino, tendo mesmo alvitrado que até aquele tipo baixinho dos caracóis que aparece na televisão devia ser maior do que o bastão. O Broas disse que não era nada, e o Tangas disse que era sim senhoras. O Broas perguntou quanto valia a aposta, e o Tangas disse que, se o bastão fosse mais pequenino, o Broas tinha de gamar as chaves do carro do pai e darem umas voltas com o chaço. Foram a correr com mais dois amigos para o parque de estacionamento onde já tinham visto muitas vezes aquela figura que não se esquece. O resto da história é parecido com o que Rui Santos veio contar: os putos abriram-lhe a porta do carro, deitaram-no sobre o banco do pendura para poderem melhor comparar as dimensões de ambos, e o Tangas, assim que percebeu que o Rui Santos era o maior, foi a correr com as chaves do carro do pai do outro, um BMW de 1984.

Puro

Pontinha de sorte aquele golo do Sporting, dizem eles. Que poupou os valentões que se deslocaram a Alvalade a mais meia-hora de puro tédio. Discordo. Sorte é, sei lá... um bidon aliviar de cabeça e a bola fazer ricochete na lâmpada de um poste, obrigando-a a percorrer uma trajectória lenta e sublime, em direcção à baliza. De cima para baixo, como mandam as regras. Isto é que é pontinha de sorte!
O Setúbal, se tiver esta pontinha de sorte no sorteio, já está na final.

BnR Bet: Tabela 20 + Boletim 21

Image Hosted by ImageShack.us

Bom, isto nunca tinha acontecido: só um gajo é que conseguiu pontuar nesta jornada, e aproximou-se muito dos 520 euros. Eu fui eliminado outra vez, o que me deixa assim a modos que fodido, pelo que não vou comentar mais nada.

(Ruim, tens 2 vidas, mas sem apostares não tens direito a figurar na tabela)
Posto isto, posta a tua aposta!

quarta-feira, fevereiro 27, 2008

Este país, realmente...

Então o homem agride 3 indivíduos com repetidos golpes de 37 e meio, confessa a agressão, e ninguém o leva preso? Está tudo com medo do micro-herói?

terça-feira, fevereiro 26, 2008

«Eu vi, mas não agarrei»


Réu Patrício, ornato verde-treta
Produzido por Memória Gloriosa, depois de sugerido pelo BnR B

É parecido

Comovente e profundo o pensamento do professor. Seguindo a mesma linha de raciocínio, eu trocava o Vieira por um presidente, o Camacho por um saco de caramelos, o Luís Filipe por um poster da Carla Matadinho... Pronto, para se perceber melhor a comparação, que consiste em trocar uma porcariazinha por uma coisa que não tem nada que ver com essa e que é incomparavelmente melhor, eu trocava o Dragão de Ouro por um esquentamento.

Um gajo importante tem presidentes que respondem por ele

No rescaldo dos jogos de domingo, levei com um cabeçudo que se me dirigiu nestes termos:

«Oh Sr. Boloposte, que raio de benfiquista é o senhor? Então eu passo a vida a ouvir os benfiquistas dizerem de peito cheio que os sportinguistas se preocupam mais com o Benfica do que com o clube deles e o senhor mete aqui duas postas seguidas que provam que ficou mais feliz com a derrota do Sporting do que triste com o empate do seu clube?! Acho que o senhor corre o risco de ser linchado pelos seus consócios...»

Nem de propósito, ontem, o presidente dele, para lançar um produto do clube dele, que só devia interessar à gente do clube dele, mas que é uma cópia de um produto do meu clube, debitou pérolas como estas:

«Queremos fazer melhor que os outros. Estamos sempre a compararmo-nos ao grande rival Benfica. Dizem que têm 6 milhões de adeptos e mais de 150 000 sócios. Vamos, com este cartão, mostrar que somos os mais fiéis e vamos ser mais que 150 000 sócios.»

«Este cartão é melhor do que o que o Benfica lançou.»

Outro ex-presidente dele também veio dizer (aqui) – com a propriedade de quem, em 13 anos à frente do clube, conseguiu ser campeão 3 vezes – que «falta mística ao Sporting», que é uma palavrinha que todos associamos a Alvalade.

Quando um gajo reage a esta fixação, gozando com os tipos que gostavam de ser como nós mas que nem quando nós estamos mal conseguem superar-nos, é ele o obsessivo. Este post é mais uma prova, querem apostar?

Campeonato Nacional de Blogs: 5.ª Jornada

A 20.ª jornada da Liga Bwin rendeu 20 golos, dos quais apenas 5 foram pressentidos pelos blogs concorrentes. Ainda assim, não se pode dizer que o quadro de resultados da nossa 5.ª jornada tenha sido fraquito:

Image Hosted by ImageShack.us


Há a destacar a mudança de líder. António Raminhos foi finalmente desflorado (o Blog das Apostas foi o autor da proeza) e o topo da classificação é agora ocupado por O Visconde Gay. Isto é muito estranho, Raminhos: pela primeira vez perdeste os 3 (pontos), e há um gay que se fica a rir... hum...

A Memória Gloriosa alcançou a primeira vitória. Às custas de quem? Do caloiro Vermelhovzsky, que não se estreou da melhor maneira. Faz lembrar aquelas chicotadas psicológicas em que se manda embora Fernando Santos para ir buscar Camacho (e depois se manda embora Camacho para ir buscar Scolari).

Para além do jogo que ditou a derrota do líder, partida muito interessante foi também aquela em que o Futebol à Lupa pensava que tinha empatado mais uma vez e... Kaká, já no período de descontos, deu a vitória tangencial ao Sporting ’06, expondo João Malha ao ridículo das suas extemporâneas declarações. Mas o jogo da jornada acabou por ser outro:

O Zé Bitaite entrava nesta jornada com o firme propósito de abandonar aquelas posições que impedem um blog de participar na I edição do CNB. Para isso, era fundamental conseguir a primeira vitória. O adversário não era pêra doce, era o 3.º classificado, mas a equipa da casa estava apostada em dar o seu melhor. Foi isso que fez, mas, lamentavelmente, não chegou. O blog de Insurrecto conseguiu 3 golos, score que permitia pontuar frente a qualquer blog nesta jornada... menos ao que lhe calhou em sorte (o BnR B apresenta as suas solidárias condolências). Na verdade, O Visconde Gay esteve intratável. O amaricado blog aguentou com o bis de Lisandro, aguentou com a cabeçada de Luisão, e ainda teve forças para dar a estocada final através de um golpe de Spadacio, aos 84 minutos de jogo. Com este resultado, O Zé Bitaite afunda-se na classificação, vergado ao peso da lanterna vermelha, enquanto O Visconde Gay, antagonicamente, assume a liderança da prova.

Feitas as contas, a classificação segue agora assim:


O cartaz da próxima jornada apresenta as seguintes partidas:

O Visconde Gay-Alto Bola
BnR B-Memória Gloriosa
Blog do Belenenses-Arquivo Vivo
António Raminhos-Antitripa
Vermelhovzky-Blog das Apostas
Sporting '06-O Zé Bitaite
Tertúlia Benfiquista-Dianabol
Planet Football 10-Futebol à Lupa


Já não era preciso dizer nada, mas repete-se para o novato Vermelhovzsky poder aprender:

Na caixa de comentários deste post, os senhores treinadores devem:


1 – Comparecer à flash interview da partida acabada de disputar.
2 – Perder-se em mind games lançando a partida da próxima ronda.
3 – Apresentar o onze da 21.ª jornada até à hora do jogo que abre as hostilidades.
(4 – Ir fazendo subir o prémio destinado ao vencedor desta edição experimental, que para já se vai situando nos 76,34 euros. Está fraquinho, precisamos de chegar aos 100 até à 30.ª jornada.)

segunda-feira, fevereiro 25, 2008

Já ouviste falar de um tal de Taylor?

Há jogadores de futebol que conseguem tirar do sério o mais calmeirão dos adeptos.
Pela parte que me toca, tenho vindo a coleccionar uns tantos cromos que preenchem os requisitos mínimos para figurar na lista. Mesmo sem colocar em causa o seu valor futebolístico (há honrosas excepções), todos eles mereciam no mínimo uma perseguição laser durante todos os jogos. Não aquele laser ridículo que perseguiu o C.Ronaldo a semana passada – e que nem o próprio deu conta -, mas um daqueles que entra pelos pulmões e sai pelas costas, que a malta da Galáctica tão bem ministrava.
Felizmente, alguns destes cromos já abandonaram os relvados.
Sem querer alongar muito a coisa, o Frasco fazia obviamente parte da lista, pelo bigode e pelo estilo pega-monstro que aplicava ao homem que tinha a bola. O Fernando Mendes, que cometeu a irritante proeza de passar pelos dois grandes e pelo Sporting, era um ser tão irritante que consta que fazia parte da sua própria lista de seres irritantes. O Edmilson, que pertenceu à irritante classe dos “sempre no chão”, conseguia irritar os adversários mantendo sempre uma postura irritantemente serena, em especial quando se deixava cair ao sentir o bafo do seu marcador directo. Enfim, a lista é irritantemente interminável e convido-vos desde já a juntar mais peças ao cabaz.

No futebol actual, o que não falta são jogadores irritantes. Admito que qualquer sportinguista perca a cabeça apenas com um simples piscar de olhos do Simão. O João Pereira era menino para ser cabeça de cartaz num hipotético festival de gajos insuportavelmente irritantes. O próprio Quaresma tinha lugar cativo no festival. Até o Luis Filipe, apesar de ter aspecto de gajo porreiro, é irritante pelo simples facto confundir futebol com ballet.

Mas há um menino que ultrapassa todos os limites do razoável. Está para o futebol como o Noddy está para os pais de crianças pequenas. Se ele fosse apresentador de televisão, era o João Baião ou a Manuela Moura Guedes. Se fosse uma crónica, era a “Nortada”. Se trabalhasse coçasse os tomates 8 horas por dias, era o Sr.Antunes das finanças.
Infelizmente escolheu jogar à bola e tenho que gramar com ele sempre que pretendo assistir a um descalabro do Sporting. Mas a característica que mais irrita nele nem é o estilo pega-monstro que foi buscar ao Frasco, nem a ridícula baixa estatura que imita do João Pereira, nem tão pouco a vermelhidão da bochecha a fazer lembrar o José Estebes. O menino não descansa enquanto não conseguir criar uma nova palavra no dicionário:

Moutinhar: arte de rebolar, saltitar e contorcer o corpo sobre o relvado.

Image Hosted by ImageShack.us

Medo, muito medo...

sexta-feira, fevereiro 22, 2008

BnR Bet: Tabela 19 + Boletim 20

Image Hosted by ImageShack.us



  • Jornada gloriosa para o Red Glock, que ultrapassou a barreira da centena de pontos. Como se não bastasse, o trio que o persegue apostou mal nesta semana.

  • Para além do líder, só mais 4 blogs ganharam pontos nesta ronda, e nada de especial. O melhor prémio de sempre contrasta com o mais fraco leque de candidatos de que há memória. Pérolas a porcos?

  • Abandonam a prova o T-rex (semaninha negra, hem?), o Ruim (que ainda tem mais 2 vidas) e a Doce Maria (que faz parte da equipa técnica que defende o título).

  • Anti-franceses, de bunda grande e arredondada, é agora o lanterna-vermelha do ônibus dos 520 euros.

  • Lembramos que, se os 520 euros reservados ao vencedor desta prova não forem suficiente incentivo, esta é também a porta de entrada para o outro concurso parvo que dá pelo nome de Campeonato Nacional de Blogs. Não deve ser difícil conseguir um dos 15 lugares que dão acesso à histórica 1.ª edição dessa competição. Ah, e quem chegar ao fim com mais pontos do que aqueles com que começou também tem uma palavra a dizer na atribuição dos outros 500 euros que damos à Miss BnR B, vencedora do concurso Up Yours!. Bombeiros de Mafamude, estão a ouvir? Alô...?

Posto isto, posta a tua aposta!

quinta-feira, fevereiro 21, 2008

O bombeiro de Múrcia


– Está? Treinador do Benfica...?
– Hum...?

– Olhe, é uma saidinha para a Alemanha, pode ser?

– Hã?

– Os adeptos do Benfica, que estão a ver o jogo, estão preocupados. Dizem que, por este andar, estão a comer uma cavaca não tarda...

– Tou...?

– Só um momentinho, por favor.


[...]


– Está a ver? O Benfica já está a perder 1-0. Não havia necessidade, mas agora é preciso alterar o rumo dos acontecimentos. Podia fazer alguma coisa?

– Está lá...?

– Olhe, eu estou a falar com o treinador do Benfica, não estou?

– ZzzzZzzz...

– Não posso dizer que nunca tal me tinha acontecido, mas já começo a fartar-me destes cromos no banco do clube... Está aí alguém?

– Zzzronczzz...

– Sim...? Queira aguardar.


[O quê? Estamos a levar 2-0, estamos com um pé fora da eliminatória, e a aventesma ainda não mexeu na equipa? Eu trato já disso.]


Alô, treinador do Benfica?

– Sim...?

– Estás aí, ó cabrão? Vê lá se acordas para a vida, senão fazemos-te uma touca de natação com o saco dos colhões quando chegares ao aeroporto. Importas-te de fazer uma substituiçãozinha, filho de uma grande puta? Este resultado não nos interessa.

– Quem fala...?

– Eu digo-te quem fala, incompetente do caralho. Toca a meter a carne toda no assador, senão há festa rija no aeroporto, com matança do porco espanhol e muitas batatas a murro.

– Está bem, está bem, eu vou já para o local.

– Sim, hay que salir a ganar, me entiendes, coño?

– Sim, sim, qual é a morada?

– Easy Credit Stadiom, em Nuremberga.

– Isso fica mais ou menos ao pé de quê?

– Tens poucos minutos, não te despaches, não...



Há uns tempos, houve um telefonema parecido que fez cair um ministro. Hoje deviam rolar cabeças. Nem consigo ficar contente com a passagem da eliminatória, chiça!

Campeonato Nacional de Blogs: 4.ª Jornada

A jornada 19 da Liga Bwin proporcionou 22 golos, e os blogs concorrentes foram capazes de adivinhar 11 deles. Não se pode dizer que tenha sido mau. Eis o quadro de resultados:


Image Hosted by ImageShack.us

  • Antitripa conheceu finalmente o sabor da derrota, dexando o blog de António Raminhos como o único invicto.
  • Decorridas 4 jornadas, há 3 blogs que ainda não sabem o que é ganhar. A Tertúlia Benfiquista (que contava por derrotas todos os jogos disputados) já não é um deles.
  • Dianabol tornou-se o ataque mais concretizador da prova, contando com a estranha aliança do Vedeta ou Marreta?. A melhor defesa é a do líder.
  • O rei dos empates é o Futebol à Carlos Brito Lupa, com 3 em 4 possíveis.
  • O jogo da jornada costuma ser o que rende mais golos:
A jogar em casa, o BnR B deixou que fosse o seu adversário a apresentar primeiro a equipa (isto é que devia ser o chamado factor casa, não concordam?). Desleixados, os anfitriões não tiveram nesta semana oportunidade de discutir o onze, pelo que, aproximando-se a hora do jogo, a estratégia passou por fazer marcação homem a homem às pedras mais influentes do Alto Bola e tentar o contra-ataque por onde a equipa de Paulo Jorge Sousa parecia mais frágil.

Assim, quando Lisandro abriu o activo, com um bis na sexta-feira, a tranquilidade imperava nos dois bancos. Quando Marcelão, no dia seguinte, aumentou o score, o catenaccio da equipa da casa continuou a revoltar os visitantes. Quando terminou o jogo do Sp. Braga, o Alto Bola já só tinha um jogador capaz de fazer a diferença. A estratégia do BnR B parecia estar a surtir efeito quando Wesley, num contra-ataque cínico, pôs os anfitriões em vantagem pela primeira vez.

A perder por 4-3 a poucos minutos do fim, o Alto Bola deu tudo quanto tinha. Nesse momento a partida tornou-se mais aberta, com o BnR B a falhar clamorosas oportunidades para matar o jogo. Tonel, Zé Pedro e Fernando só podem queixar-se de si próprios. O golpe de teatro deu-se no período de descontos, na segunda-feira, quando Harison (que esteve em dúvida mas em quem Paulo Jorge Sousa muito confiava), sozinho, chegou para toda a defensiva da equipa da casa e repôs a igualdade.

O 4-4 final deixa um sabor amargo nas hostes do BnR B, que já julgavam não ser possível deixar escapar a vitória. Mérito do Alto Bola, que, depois de surpreendido pela ardilosa teia da equipa da casa, soube acreditar até ao último minuto e conquistar um ponto que parecia perdido.

Esta jornada fica marcada por um caso de arbitragem:


A vitória já não fugia ao Dianabol, mas a goleada da prova, até ao momento, foi conseguida com o contributo de 3 autogolos da equipa derrotada. O T-reinador do Vedeta ou Marreta? armou-se em vedeta e foi marreta até à quinta casa, escalando como avançado um jogador (Wesley) que está farto de facturar como médio e que, nesta jornada em particular, fazia parte do onze de 7 blogs justamente na posição que é a sua, a de médio.

Não contente com isso, T-Rex, o marreta em questão, convocou o avançado belenense Weldon para a posição de médio, escudando-se no que aparece no site da liga. Ora, uma liga que aceita inscrições de jogadores que não podem actuar só induz em erro os clubes, e o Vedeta ou Marreta? é mais uma vítima desses senhores. Quem manda aqui é o consultor oficial da prova, que pode emitir um comunicado sempre que for caso disso.

Este CNB não tem uma lista de jogadores por onde os treinadores se possam guiar. Alertámos, antes do início da prova, que este era o ponto mais polémico, que os jogadores, mesmo os polivalentes, só podiam caber numa categoria. Recomendámos, inclusive, que, em caso de dúvida, o melhor seria não arriscar. T-Rex arriscou (no caso do Wesley foi mesmo passarinho) e encaixou 7 tão vergonhosos como os de Vigo ou Alvalade. A quente, em declarações recolhidas ainda no túnel, o marreta atirou a toalha ao chão, "auto-radiando-se" da prova. Mais declarações são aguardadas para a conferência de imprensa desta caixa de comentários.

Contas feitas, a classificação ficou assim ordenada:




Na próxima jornada, a 5 do CNB e a 20.ª da Liga Bwin, teremos o seguinte cartaz:


Futebol à Lupa-Sporting '06
Dianabol-BnR B
Alto Bola-Tertúlia Benfiquista
Antitripa-Blog do Belenenses
Blog das Apostas-António Raminhos
Arquivo Vivo-Planet Football 10
O Zé Bitaite-O Visconde Gay
Memória Gloriosa-Vedeta ou Marreta?Vermelhovzsky



Image Hosted by ImageShack.us


Já está tudo mecanizado, já todos sabem o que têm de fazer, não já?

1 - Flash-interview desta jornada.
2 - Mind games para a próxima.
3 - Convocatória para a jornada 20 até à hora do primeiro jogo.
4 - Fazer subir o prémio, que está em 73,88 €.



PS – Vermelhovzsky tomou a vaga do chicoteado Vedeta ou Marreta?

terça-feira, fevereiro 19, 2008

segunda-feira, fevereiro 18, 2008

Está bem que ninguém suporta vitós...

Quiseram fazer crer que aquela cena do Scolari não merecia consequências graves, agora aturem-nos.

PS – Aquilo é uma soqueira disfarçada de cachucho?

Pinga-amor

É mais forte do que ele, não pode ver um rabo de saias calções.

Fantasminha brincalhão


Polga: «Deixa, que eu bato a grande penulidade.»



Entretanto, quem não sabia que raio de pássaro era um tiuí ficou a saber que se trata de uma espécie de mergulhão.

quinta-feira, fevereiro 14, 2008

Mais uma exibição de encher o olho

Direito de resposta (ninguém lhe perguntou nada, mas o cabrão achou que devia responder)

Em reacção a alguns comentários que o post de quarta-feira suscitou, recebemos da puta da fonte uma mensagem que passamos a publicar ao abrigo do direito de resposta consignado na Lei de Imprensa:
Meu caro, podes dizer que o cabrão do teu amigo disse o seguinte:

O resultado da colocação deste post no blog BnR B é precisamente a razão pela qual eu me recuso a frequentar blogs, principalmente aqueles que se referem a futebol. Partilhei esta informação com o meu amigo porque ele implorou. É um grande benfiquista e, como tal, achei que merecia saber o que é que aí vem. Depois, a muito custo, ainda permiti que ele publicasse a informação, até porque sei o quanto ele gosta deste tipo de merdas.

No entanto, há algo a que não posso ficar alheio: percebo, pela dúzia de comentários que aqui foram imediatamente colocados, que vocês não percebem um caralho de bola! Os cromos que frequentam estes blogs são claramente os mesmos atrasados mentais que levavam “carolos”, “sapas” e “belinhas” na escola, são aqueles que nunca eram escolhidos para jogar à bola, são claramente os que nunca tiveram namorada no secundário e passavam a vida a ler todos os jornais, revistas e sites de futebol, sem nunca terem dado um verdadeiro pontapé numa bola! Iam para a baliza levar bolada no focinho e, mesmo assim, só quando não havia mais ninguém! Mais tarde, regressavam a casa resignados e batiam duas pívias no chuveiro, a pensar nas professoras mais enxutas e nas boazonas da turma que jamais iriam conseguir comer. Mais tarde, jogavam umas horas de CM, tentando dar vida às suas fantasias futebolísticas enquanto engordavam que nem uns porcos.

Mas isso nem sequer é o mais triste! O mais triste, o pior de tudo isto, é que vocês cresceram e continuam exactamente iguais! Continuam sem perceber nada de bola, continuam sem ir à cona e continuam a ter de bater à punheta no chuveiro, porque ainda vivem em casa da mamã e, como tal, não podem ver pornografia no plasma de 32’’ e esgalhá-las no sofá da sala, como qualquer tarado sexual que se preze. Quanto aos jogos de futebol que tanto se gabam de analisar, têm de ir vê-los para o café do bairro, porque a mamã nem sequer os deixa ter Sport TV... Aí, na tasca da esquina, aproveitam para destilar algum odiozinho reprimido em viscerais comentários vernaculosos. Mas atenção! Tudo em silêncio, só dentro da vossa cabecinha, não vão correr o risco de levar pancada de três em pipa, enchendo farinheira até criar bicho, por um qualquer adepto de um clube adversário que não esteja para vos aturar e vos carregue mais do que à burra do cigano!

Dito tudo isto, seus acéfalos da merda, acordem para a vida! O José Peseiro é, de longe, o melhor treinador português da actualidade (Mourinho fora da equação, claro, por motivos óbvios. Afinal de contas, não é justo colocar Deus em competição contra meros mortais), cuja única lacuna na sua passagem pelo Sporting foi a falta de pulso! Se partirmos do princípio de que ele aprendeu com os seus erros no passado (e o que está a fazer na Grécia leva-nos a acreditar que sim), chegamos facilmente à conclusão de que estamos perante um grande treinador! Mas, como é óbvio, isto é muita areia para as vossas cabecinhas vazias...

No que concerne a táctica, estratégia, leitura de jogo e trabalho de terreno, o José Peseiro não fica a dever nada a ninguém! Quanto ao resto, não é nada que um adjunto “pistoleiro” não resolva... Ou acham mesmo que o FCP campeão europeu do Artur Jorge e o FCP campeão europeu do Mourinho tinham como adjuntos o Octávio Machado e o Baltemar Brito pelos seus lindos olhos e capacidade de treino? Mais uma vez, repito, acordem para a vida, seus merdas!

Dito isto, despeço-me desejando a todos vós que vão apanhar na peida e continuem nas vossas patéticas e insignificantes existências, acreditando que alguém se interessa pela inacreditável e conspurcada quantidade de bosta que digitam nos vossos teclados e que sai dos vossos computadores directamente para este blog.

PS1 – É verdade que há acordo com o homem, mas nem sequer é líquido que ele venha, uma vez que esse cenário só se verificará caso o Camacho saia mesmo para a selecção espanhola, como qualquer pessoa no seu perfeito juízo deseja. No entanto, só para vos poder insultar desta forma, isto já valeu bem a pena...

PS2 – Para que vocês fiquem ainda um pouco mais fodidos (se é que é possível...), fiquem sabendo que podem responder tudo o que quiserem, atacando a minha pessoa com tudo o que tiverem e mais ainda, porque eu jamais vou voltar a este blog e, como tal, é como se as vossas respostas nem sequer existissem.

Eu vou buscar pipocas, já venho.

Daceee ainda acreditam no Boloposte e nas suas fontes?!?


Daceeee ainda acreditam no Boloposte e nas suas fontes?!? Va sindicalistas estejam descansados que nem o Suspensórios do Quase, nem o MELHOR seleccionador que Portugal ja teve,irao ser os proximos treinadores do Sindicato, é tao certo quanto o Purovic meter 3 batatas no Jamor contra o FeCePe!!!
Por isso fiquem com o INCRIVEL VUK, que ate se aleija só para nao bater nos bacanos que o levam sempre as tantas da matina ate ao Parque das Nações nos belos dos carros amarelos!!!

PS: Um abraço e boa sorte para amanha,para os 500 adeptos do Nuremberga que esta noite estiveram na CURVA SUL!!!

quarta-feira, fevereiro 13, 2008

O novo treinador do Benfica

Este episódio já tem uns dias. O cabrão atendeu o telefone à minha frente:



Blá, blá, blá [conversa lá dele], blá, blá blá [conversa que não interessa a ninguém] blá, blá, blá [e de repente:] A sério? Esse gajo era capaz de pôr o Benfica nos eixos!

Quando o telefonema acabou, eu tinha um sorriso de orelha a orelha.
Vá, descose-te, quem é o mister? – atirei eu.

O Benfica já tem acordo com um grande treinador para a próxima época, mas não te digo quem é – responde-me o cabrão.

Vá lá, deixa-te de merdas – insisti, já sem o sorriso que descrevi há bocado.

Não te digo, tu também não me disseste quem eram os gajos que se comiam no balneário. – Cabrãozinho rancoroso, hem?

Está bem, eu digo, eu digo! – cedi eu, aliviado por a coisa não envolver dinheiro.

Então, o cabrão tem um assomo de ética:
Não, a sério, não te digo, mas não é por causa disso, é mesmo porque não te posso dizer. Ainda por cima, ias logo publicar no blog.

Oh, se não quiseres que eu não publique, eu não publico, a minha boca é um túmulo, podes atestar isso pelo cheiro!


Não digo.

Está bem, não digas, mas ao menos dá pistas... Tem bigode?

Não insistas, não vou dizer.

Oh, foda-se, então di-lo sob a forma de uma charada imperceptível e hiper-rebuscada, só para depois poderes provar que o nome era mesmo esse.

Nada feito.

Nesse dia, ainda insisti mais umas duas ou trinta vezes. Perscrutei outras fontes, a ver se algum nome vinha à baila, mas só consegui saber que o Benfica perguntou o preço do Mourinho. Bom sinal, pensei eu. Não acreditei que pudesse vir, mas era indício de que se estava a trabalhar bem. E se o nome que eu buscava tinha deixado o meu amigo entusiasmado, eu acreditava que vinha mesmo aí um novo ciclo.


Até que hoje (ou ontem, foi antes da meia-noite) o cabrão meu melhor amigo mais importante do mundo lá me contou quem é o homem. E deu-me autorização para postar.




Na verdade, há dois nomes em cima da mesa: um é de um gajo que eu não suporto; o outro é de um gajo com quem eu já me fartei de gozar. Estou fodido: se correr, o bicho pega; se ficar, o bicho come.

Lamento desapontar-vos, lampiões, mas ainda não é desta. Qual novo ciclo, qual carapuça, isto só lá vai com eleições, digo-vos eu.

O tal gajo que eu não suporto está atarefado até tarde, e desta vez quer preparar-se a época como deve ser, evitando aparecer-se com um treinador à última hora. Fixe.

O outro também está entretido, mas basta estalar os dedos para ele vir a correr. É com este que já há acordo. Acordo que pode ficar sem efeito se por acaso o outro nome, mais sonoro, levar a melhor.

Perante isto, estou num dilema. Não sei se hei-de dizer os nomes ou não. Se o Zé Carlos sabe disto, vai preferir o que eu não quero. A porra é que eu também não quero o outro, é assim uma espécie de mal menor, mas é um nome a que o Zé Carlos não dará qualquer hipótese, só o meu amigo é que acredita nas qualidades do senhor. Se se souber já o nome do mal menor, começa já a onda de contestação, e só o nome do mal maior é que vai acalmar o Zé Carlos. Estão a perceber o meu problema?



Bom, enquanto não decido o que fazer, vou apresentar os nomes sob a forma de charada:




  • Ambos os nomes têm 7 letrinhas.
  • 4 dessas letras são comuns aos dois nomes.
  • O nome da imagem (DUMB ASS) tem 7 letras e assentaria bem a qualquer um deles, mas já disse que as letras partilhadas não são tantas.
  • Só 1 das 4 letras comuns ocorre na mesma posição.
  • A inicial do nome que tem o acordo é também a primeira do clube onde ele está.
  • Qualquer dos nomes é o último cartucho de Vieira.

terça-feira, fevereiro 12, 2008

BnR Bet: Tabela 18 + Boletim 19

Image Hosted by ImageShack.us




  • O líder ganhou alguns cabelos brancos nesta jornada, mas também ganhou verba suficiente para mandar pintá-los da cor que quiser. Com toda a sua fortuna (60 pontos) apostada no VG, o Red Glock esteve em maus lençóis até ao minuto 87, altura em que um vitó deu a volta ao marcador. Não se assustem com a vantagem que detém agora. Se bem o conhecemos, o Red vai perder tudo numa destas jornadas.

  • Mais comedido que o nosso ioiô, o Arquivo Vivo garantiu um bom 2.º lugar com contidos 3 pontos no Belenenses. Há quem diga que o 2.º lugar é o primeiro dos últimos, mas isso é apenas quando o 1.º posto não é ocupado pelo Red Glock.

  • Beneficiando do azar do Ratogoleador, que apostava no empate do Bessa, resultado que chegou a acontecer por 3 vezes mas que não quis perdurar até final, o Boloposte ficou com o derradeiro lugar do pódio graças a um palpite científico. Eu, se fosse a vocês, preocupava-me com este gajo.

  • O Talk Talk, o José Leal e o Pipirazzo perderam a positividade, enquanto o Sururu voltou a meter a cabeça fora de água.

  • O Ruim e o Indulgente estrearam-se mal, ao passo que o Insurrecto, o Antitripa e o Quinhentinhos fracassaram mais uma vida.
  • Anti-franceses e Zhero voltam aos pontos inteiros, enquanto o T-Rex regressa aos cêntimos. O lanterna-vermelha é mesmo o único desgraçado nessa situação.

  • Há muito tempo que não surge um erro na tabela, será que é desta?
  • Estão agora na corrida aos 510 euros 22 entendidos. Até o Scolari vai levar mais gente ao Euro. Quanto menos concorrência, melhor, não é verdade? Sai mais uma rodada:



Posto isto, posta a tua aposta!

domingo, fevereiro 10, 2008

Reconheces, portanto, que falhas na tua parte

Ou seja, isto dito de outra forma: até temos ovos, tu é que não fazes a mínima ideia de como se faz uma omeleta, não é? Devo dizer que já tínhamos reparado.

terça-feira, fevereiro 05, 2008

Campeonato Nacional de Blogs: 3.ª Jornada

E à 3.ª jornada deste CNB, Antitripa isola-se no comando, contando por vitórias os 3 jogos disputados. É um momento de forma espantoso, que alia o melhor ataque da prova ao melhor goal average da competição, depois da vitória na fase de grupos e de um triunfo num jogo-treino. Não há abébias para ninguém. Porém, nisto de campeonatos, o importante não é como se começa, é como se acaba, vamos ver se este blog mantém o nível.

Esta ronda teve um grau de acerto maior que a anterior, apesar de estes treinadores terem deixado escapar Laionel (um hat-trick) e Farías (autor de um bis). Seja como for, só duas equipas ficaram a zeros, o que pode ser sinal de que está tudo a subir de forma. Vejamos o quadro de resultados:


A partida com mais golos acabou por merecer o destaque da crítica:







António Raminhos, um dos líderes da tabela, deslocava-se ao campo do Dianabol, onde o aguardava o 6.º classificado. A equipa de Diego Armés entrou sem medos, revelando o onze primeiro. Raminhos aproveitou para marcar as pedras mais ameaçadoras do adversário e lançar alguns heróis improváveis. A estratégia surtiu efeito, com Raminhos a colocar-se cedo em vantagem com um golo polémico de um lateral direito. Os dianabólicos protestaram, alegando que a bola ainda bateu num jogador que estava fora de jogo, mas o humorista riu-se na cara dos espoliados. Ferida no seu brio, a equipa da casa respondeu, mas Raminhos tinha a lição bem estudada e tinha antídoto para isso, recolhendo as equipas aos balneários com 1-2 a favor dos visitantes. A segunda parte começou como tinha acabado a primeira, com o Dianabol a repor a igualdade e Raminhos, teimosamente, a repor a vantagem para os forasteiros. Foi então que Diego Armés se lembrou de que um treinador, a partir do banco, pode mudar o rumo dos acontecimentos no relvado (ao contrário do que Camacho parece achar): tirou o cansado Vukcevic e fez entrar Zé Pedro. O médio recém-entrado acabou por ser decisivo no encontro, apontando de meia distância o golo do empate. Raminhos ainda tentou reagir, e os visitantes acabaram mesmo o jogo em cima do seu esgotado adversário, mas o pressing final não deu em nada. No final, 3-3 e uma excelente partida de futebol.




A classificação ficou assim ordenada:






Na próxima jornada, teremos os seguintes jogos:


Futebol à Lupa-Arquivo Vivo
BnR B-Alto Bola
Blog do Belenenses-Blog das Apostas
António Raminhos-Memória Gloriosa
Vedeta ou Marreta?-Dianabol
Sporting '06-O Visconde Gay
Tertúlia Benfiquista-O Zé Bitaite
Planet Football 10-Antitripa



A terminar, a mensagem habitual – Na caixa de comentários deste post, os senhores treinadores deverão:


  • Comparecer à flash-interview do jogo acabado de disputar.

  • Lançar o desafio da jornada seguinte, perdendo-se em mind games com o pessoal do blog adversário.

  • Apresentar o onze relativo à jornada 19 até à hora do primeiro jogo.
  • domingo, fevereiro 03, 2008

    Já sabiam, não já?



    O futebol não é uma ciência exacta só porque não é uma ciência. Se já todos desconfiávamos de que a seguir a um desaire do FC Porto o Benfica iria perder pontos, já todos sabíamos que o Sporting não seria capaz de aproveitar o tropeção do Benfica (Pipirazzo, não estou a falar a posteriori, pois não?). Basta contar as vezes que este post já apareceu. Talvez por isso a lagartada que frequenta este blog não tenha esfuziado com o nulo da Luz. Assim é que é bonito.

    Um estudo sobre futebol

    À caixa de correio do BnR B não chegam só disparates, chegam também coisas interessantes que nem sempre são febras. Esta mensagem é um exemplo:


    Caros senhores,

    O meu nome é Sofia Tillo e escrevo-lhe do Centro para Pesquisa de Assuntos Sociais (http://www.sirc.org/), em Oxford, na Inglaterra.

    Neste momento, a nossa organização está a desenvolver um projecto de pesquisa sobre como os adeptos de futebol apoiam a sua equipa. Estamos a pesquisar uma série de coisas, desde as canções das claques até às conversas nos fóruns online.

    Ao contrário da maioria da pesquisa feita sobre futebol, o nosso projecto é sobre as coisas boas do desporto-rei, isto é, aquilo que o futebol traz de positivo para a vida dos adeptos.

    Não queremos escrever sobre hooliganismo, estamos interessados em discutir as emoções, alegrias, paixão e camaradagem do futebol português.

    Queremos as opiniões de pessoas reais para o nosso estudo, não só a dos dirigentes, mas também a dos verdadeiros adeptos! É nesse âmbito que eu venho contactá-lo para perguntar se estaria interessado em responder a algumas das minhas perguntas sobre a sua paixão pelo futebol. Se possível, seria também interessante abrir a discussão a todos os contribuintes e visitantes do seu site.

    As perguntas podem ser feitas por e-mail ou telefone, o que vos for mais conveniente. São todas bastante simples, e o objectivo é obter respostas honestas e simples como numa conversa normal.

    Por exemplo:
    – Há uma personalidade própria no seu clube?
    – O que é que lhe dá orgulho no seu clube?
    – Que importância tem o futebol na sua vida?

    Como pode ver, são perguntas simples e que podem lever a debates interessantes sobre o papel do futebol na nossa vida. Eu espero sinceramente poder contar com a sua opinião nestes assuntos. Desde já os meus parabéns pelo seu site.

    Por favor não hesite em contactar-me e dar o meu contacto de e-mail a quaisquer amigos ou colegasque possam estar interessados neste assunto.

    Os meus melhores cumprimentos,
    Sofia Tillo
    Assistente de Pesquisa
    Social Issues Research Centre (SIRC)
    27-28 St. Clements
    Oxford OX4 1AB
    Tel: 0044 1865 262255



    Depois de concordarmos em ajudar uma portuguesa a impressionar os camones, ela mandou-nos um questionário a que vocês também podem responder se quiserem colaborar neste estudo.

    Aqui, eu respondo ao questionário de forma imbecil só para vocês não estranharem um post sério neste blog, mas seria interessante que o estudo inglês pudesse contar com o ponto de vista do adepto português.

    – Consegue descrever a atmosfera do seu clube em poucas palavras?
    Sim, consigo.

    – Que tipo de reputação têm os fãs do seu clube em comparação com outros clubes?
    Qualquer fã do meu clube tem uma reputação melhor que a dos outros clubes. Repare que, para não fugir à questão apresentada, não estou a falar na reputação dos fãs dos outros clubes, porque não os conheço todos, e o Vitó prega-me com um processo se eu me ponho para aqui com generalizações, mas posso dizer-lhe que um benfiquista qualquer tem muito melhor nome que muitos clubes inteiros.

    – Para além das vitórias e dos golos, que alegrias lhe traz o seu clube?
    Mas quem é que disse que o meu clube conseguia vitórias e golos? Não deve acreditar em tudo o que diz o meu presidente.

    – Que emoções associa com o futebol? 3 palavras.
    Por amor de Deus, eu sei que o adepto do futebol não é tão culto como o público da ópera, mas também não somos todos Vitós, com o 7.º ano mal acabado, alguns de nós conseguem expressar-se com mais de 3 palavras.

    – Qual é a diferença entre o nível de apoio que dá ao seu clube e à selecção nacional?
    Hoje em dia, dou o mesmo tipo de apoio, porque há quase tantos estrangeiros num como na outra.

    – Tem rituais especiais à volta do futebol? Por exemplo, vai sempre ao estádio com os mesmos amigos, veste roupas especiais da sorte, canta certas canções?
    O diabo seja surdo, cego e mudo para não me ouvir dizer isto, mas não sou minimamente supersticioso, porque acho que isso dá azar [toc-toc-toc na madeira].

    – Depois do jogo, o que costuma fazer? Fala sobre a partida durante muito tempo? Vai jantar/tomar um copo? Faz a mesma coisa quer a sua equipa ganhe ou perca, ou há uma diferença?
    Depois do jogo, venho a correr meter o post do Adu. Sim, há diferenças, por vezes o Adu toma certas feições que poderíamos atribuir a outras pessoas. As pessoas pensam que é sempre a mesma coisa, mas não, há ali muito trabalhinho.

    – Acha que os adeptos têm uma influência na forma como os jogadores se comportam em campo?
    Não, o Luís Filipe é a prova disso. Se as ameaças do estádio tivessem influência, ele hoje estaria a disputar com o Kaká e o Ronaldo o título de melhor jogador do mundo.

    – Como descreveria o apoio que dá ao seu clube? Acha que tem mudado ao longo dos anos? (Por exemplo, seus pais já eram do seu clube? Começou desde pequeno a gostar de futebol?)
    O apoio que dou ao meu clube é mais do que suficiente para ele limpar tudo todos os anos. Não muda nada, dou sempre o máximo (pensando bem, houve um ano em que dei o Barbas também, mas normalmente dou sempre o Máximo). Não, os meus pais já eram do clube deles, eu é que depois me tornei do clube dos meus pais. Sim, desde bem pequeno, e estou convencido de que devo ter começado a gostar de futebol ainda dentro dos testículos do meu pai.

    – Até que ponto é que a sua vida social (tanto a nível de amigos como família) está ligada ao futebol?
    Pouco. A minha família tem de sair de casa quando o meu clube joga, para não dar azar e eu poder dizer palavrões à vontade. Não tenho amigos; em compensação, o futebol traz-me muitos inimigos, mas não faço vida social com eles, apesar de alguns quererem marcar encontros comigo para me assoar as ventas ou para me pedir dinheiro.

    – O que acha que é o limite saudável de amor pelo futebol? Onde está o limite entre adepto e fanático?
    Acho que o amor pelo futebol se deve fazer sempre com a camisinha. Já os calções e as chuteiras acho pouco saudável, mas não prescindo da camisolinha. Quanto ao limite entre o adepto e o fanático, deve ser para aí o correspondente ao cabo da faca e aos centímetros de lâmina que não chegaram a ser enterrados. Há quem acha que o limite deva ser maior, mas isso não é nada que uma pedra ou um verylight não resolvam.

    ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

    Agora é a vossa vez. Podem responder aqui se quiserem partilhar as vossas opiniões (a Sofia vem cá ver), ou podem mandar directamente para ela.

    Mudando de assunto, que o futebol não interessa a ninguém

    http://www.yourfilehost.com/media.php?cat=video&file=wagner_love_pamela_butt_fucking.wmv

    sábado, fevereiro 02, 2008

    Toalhinha ao chão

    • Pronto, é oficial, podem escrever: o Benfica não vai ganhar nada esta época. Nem campeonato, nem UEFA, nem mesmo Taça. Se calhar já se sabia, mas só agora eu tive a certeza.

    • A minha derradeira esperança era o mercado de Janeiro. Pensei que se pudesse reequilibrar a equipa, mas não, não havia ninguém no mundo inteiro disponível para 3 lugares. Pouca sorte.

    • Estando a época perdida, com o espanhol a contar os dias para ir para Inglaterra, era demiti-lo já, para que pudesse aprender inglês com calma. (Mas quem é que se lembrou de fazer força para que o homem voltasse, chiça!?) No seu lugar? João Alves, interinamente, a dar rodagem de primeira liga a alguns meninos.

    • Entretanto, estou pronto para admirar as novas tendências para a direcção 2008/20011.

    sexta-feira, fevereiro 01, 2008

    O discurso de Cristiano Ronaldo

    As relações privilegiadas deste blog com o submundo permitiram-nos o contacto com uma daquelas meninas que volta e meia frequentam a casa do craque do Manchester. Num dos bolsos do smoking do superputo, estava um papelinho com aquilo que julgamos ser o discurso que Ronaldo tem preparado para a cerimónia em que a FIFA finalmente reconheça o talento do português:

    Isto, sim, é humor do bom (não é inteligente, mas é francamente bom)


    Recebi uma mensagem do presidente da Sociedade Protectora dos Vitós. Não estou a inventar, é mesmo verdade. E acredito que seja realmente dele, pois está redigida de uma maneira que indicia que terá concluído o 7.º ano apenas porque a progenitura ameaçou de porrada os professores que tinham motivos para o reprovarem.

    Partilho convosco ipsis verbis e sem qualquer comentário o que me chegou:



    Caro Bola ao Poste:

    Porque parece haver em si quem pense, que, a cobro do anonimato, pode recorrer ao insulto e aos ataques pessoais, aqui fica uma nota. Depois de a ler, tem obviamente o direito de deixar tudo como está. Contudo, se não retirar a referência injuriosa que me fez e se retratar, usarei também do meu direito de recorrer aos meios necessários para repor o meu bom nome. Tem, pois, a oportunidade de por fim a uma situação que ultrapassou todos os limites do razoável. A bola está do seu lado.

    Com os melhores cumprimentos,

    Nelson Marques


    DOS CRIMES CONTRA AS PESSOAS


    CAPÍTULO VI


    Dos crimes contra a honra


    Artigo 180.º


    Difamação

    1- Quem, dirigindo-se a terceiro, imputar a outra pessoa, mesmo sob a forma de suspeita, um facto, ou formular sobre ela um juízo, ofensivos da sua honra ou consideração, ou reproduzir uma tal imputação ou juízo, é punido com pena de prisão até 6 meses ou com pena de multa até 240 dias.


    Injúrias


    1 - Quem injuriar outra pessoa, imputando-lhe factos, mesmo sob a forma de suspeita, ou dirigindo-lhe palavras, ofensivos da sua honra ou consideração, é punido com pena de prisão até 3 meses ou com pena de multa até 120 dias.


    Artigo 182.º


    Equiparação


    À difamação e à injúria verbais são equiparadas as feitas por escrito, gestos, imagens ou qualquer outro meio de expressão.

    Publicidade e calúnia


    1- Se no caso dos crimes previstos nos artigos 180.º, 181.º e 182. º :


    a) A ofensa for praticada através de meios ou em circunstâncias que facilitem a sua divulgação; ou,


    b) Tratando-se da imputação de factos, se averiguar que o agente conhecia a falsidade da imputação; as penas da difamação ou da injúria são elevadas de um terço nos seus limites mínimo e máximo.


    Não queria deixar o Vitó a falar sozinho, mas nem sei por onde começar. O que é que vocês respondiam a uma figura destas?