segunda-feira, junho 29, 2009

O milagre de São JEB

Ele já tinha professado a palavra da união da família sportinguista, mas todos pensámos que eram palavras vãs, politicamente correctas, que ficavam bem num discurso de vitória eleitoral. Mas eis que o milagre se dá, testemunhado pelas azinheiras de Alcochete: blacks e skins unidos em torno de um objectivo comum. Impensável? Só para quem não reconhece a grandeza do maior clube do mundo.

quinta-feira, junho 25, 2009

Campeonato Nacional de Blogues 2009/2010


Época terminada, Campeão encontrado, contas saldadas, é tempo de lançar a próxima temporada, não sem antes actualizar o ranking deste concurso com cada vez mais participantes.

A fórmula encontrada foi ponderada de forma a penitenciar os baldas e premiar os mais assiduos, tipo Ministério da Educação. E foi mesmo lá que a roubamos e convertemos para o CNB. (Se não concordarem façam como eu, queixem-se da Ministra).

A fórmula encontrada foi a seguinte:

Número total de vitórias em provas CNB a multiplicar por 3 + número total de empates em provas CNB + Título a multiplicar por 10. O somatório destes pontos dividem por 30 (número de jogos possiveis) + o lugar da tabela que cada um obteve.

Nota: todos os participantes que não tiveram acesso à fase final vêem o seu somatório a dividir por 47 (30 jogos possiveis + 17 correspondente a todos os 17ºs classificados).

Feitas as contas de todos os participantes até ao momento o Ranking fica assim ordenado:

1 - Antitripa 3.090 pts
2- Futeblog S.A.D. 2.290
3- Sporting '06 2.222
4- Futebol à Lupa 2.088
5- BnRB 1.682
6- Zé Bitaite 1.628
7- Dianabol 1.454
8- Arquivo Vivo 1.441
9- Raminhos 1.380
10- Eterno Benfica 1.289
11- Briooosa 1.230
12- Águia de Ouro 1.162
13- Blog das Apostas 1.106
14- Mesa Redonda 1.093
15 - Visconde Gay 1.085
16- Nós é mais é bolos 0.869
17- Memória Gloriosa 0.765
18 - Finta & Remata 0.725
19- Segredos da Bola 0.723
20- Blog do Belenenses 0.680
21- Benficólogo 0.659
22- Vermelhovzky 0.574
23- Fair Play 0.488
24- Calma Pedrove 0.468
25- Alto Bola 0.425
26- Burmelhão 0.425
27- Artte do Futebol 0.361
28- Mágico S.L.B. 0.361
29- Planet Football 0.361
30- Os putos vão à bola 0.340
31- Calcio Rosso 0.297
32- Banco da Mexicana 0.255
33- Tertulia Benfiquista 0.255
34- S.L.B. '04 0.234
35- The Eagle 0.212
36- AlienZone 0.191
37- Humanifesto 0.106
38- Vedeta ou Marreta 0.106
39- Aqui fala-se de tudo 0.085
40- Vidal Pinheiro 0.085
41- D-Bola 0.085
42- Mundo da Bola 0.085
43- Footbicancas 0.042
44- N'drangheta 0.021
45- 1-0 Basta 0.021

Este ranking vai servir para separar pelas séries os mais pontuados e pode ter mais utilidade no futuro desta prova, por isso trabalhem para ele.
A edição 2009/2010 do CNB está assim aberta e já temos vários participantes inscritos. Para aqueles que querem entrar na prova mais doida do Futebol luso é só inscreverem-se. Podem saber como AQUI .

Agora façam a vossa auto-avaliação.

quarta-feira, junho 24, 2009

Os meus 20 votos para toda a vida a quem me prometer isto

Estou entre aqueles que consideram que parte das culpas do insucesso benfiquista é própria, outra parte é alheia.

A parte própria resolve-se contratando melhores jogadores e melhores técnicos, tão simples como isto. Convenhamos, com Quiques e Balboas, meus amigos, é muito mais difícil, não há necessidade de complicar ainda mais a coisa. Nos dias que correm, não chega, mas é meio caminho andado.

A parte alheia é um rol de conhecidos e desconhecidos casos de polícia, mas está visto que teremos de ser nós a resolvê-la também, que os juízes, nesta terra, só servem para tentar emprestar credibilidade a movimentos manhosos.

O caminho para a resolução deste problema, no meu modesto entender, passa pela criação de uma espécie de serviços secretos que, custassem lá o que custassem, seriam certamente o melhor jogador do Benfica. Estes, sim, teriam objectivos invisíveis, mas notáveis.

Sofisticadíssima, esta unidade teria debaixo de olho os inimigos do clube. Passaríamos a saber em primeira mão das alianças que visam a nossa destruição; conheceríamos as notícias encomendadas antes mesmo de elas chegarem a ser publicadas; divertiríamo-nos a brincar à contra-infomação a iludir aqueles que têm orgasmos a desviar-nos jogadores; saberíamos a vidinha de todos os árbitros, as companhias com que se dão, as ofertas de que são alvo. E denunciaríamos tudo isso de modo a tornar insustentável o actual estado de coisas e a habitual impunidade. Imaginem, por exemplo, que, da próxima vez que a eminência parva recebesse um árbitro em sua casa nas vésperas de um jogo, esse árbitro tinha à sua espera uma equipa de reportagem de uma televisão qualquer a perguntar-lhe o que fazia ali. Estão a imaginar a cara dele quando visse as câmaras? Impagável, apesar de ter no bolso um envelope que testemunharia em contrário. Depois, seria improvável que chegasse a apitar o jogo. E, no fim de tudo, ainda o filmaríamos a devolver o envelope uns dias depois. Seria divertido, não?

Obviamente não espero ver isto escarrapachado em nenhum programa eleitoral, mas gostava de poder ser grato a quem pusesse uma coisa destas de pé. [ESTOU A FALAR CONTIGO, VIEIRA! ACORDA, CARALHO!]

segunda-feira, junho 22, 2009

O Sacristão!


Revista de


  • A erikssonização de Mourinho.
  • O ferpelei é uma treta? Ainda tu não sabias dizer ferpelei, já o Jesus era uma das primeiras pessoas do mundo e do planeta a afirmar isso.
  • Lucho diz que o FCP é "favorito para o penta". Tem razão, leva uma vantagem de 4 campeonatos sobre qualquer dos outros.
  • Lisandro, Lucho e Di María tiram visibilidade a Mariano na celeste.
  • A seguir a alguém ter dito que o Benfica era um circo, Toni viveu uma época em que tudo correu mal ao clube. Comentou ele nessa altura: «Se tivéssemos comprado um anão, ele teria crescido.» Há agora quem queira tirar isso a limpo.

Livrai-nos do movimento, ámen


José Marinho é o director de comunicação da direcção-sombra do movimento BVV. Escreveu no Mágico SLB um post _________ [inserir adjectivo, que eu não sou capaz] sobre "uma vitória de 4-2 com desempate de 2-1 nas grandes penalidades" que teria valido ao Benfica "um título no futebol de praia".

Estou a imaginar o director de comunicação do Benfica da direcção de José Veiga Eduardo Moniz a convocar a comunicação social para uma conferência de imprensa onde apareceria abraçado a uma taça de areia, congratulando-se por uma vitória estrondosa, e depois alguém lhe dizer que o resultado tinha afinal sido um empate a 4 bolas, com desempate favorável nas grandes penalidades que tinha valido o 3.º lugar.

Foda-se, este movimento é só gente competente. E com tendência para morrer na praia (que eu sei que ele gosta de trocadilhos).

quarta-feira, junho 17, 2009

Em movimento à procura de um líder

«Sabemos muito bem para onde queremos ir, estamos preparados para isso, só estamos à procura de um homem que nos indique o caminho, alguém que alinhe em fantochadas.»

Como diria o Bettencourt, nenhum líder de prestígio faz acordos com candidatos.

A cavalo dado não se olha o dente

Mas quando se dá 15 milhões por ele...

O movimento Benfica, Vencer, Vencer

Eu ontem estive quase, quase, a gabar a organização do movimento por não ter deixado transpirar o nome do seu cabeça-de-lista, embora tenha estranhado que na cerimónia de apresentação, e com tão pouco tempo pela frente, esse passo não tenha sido dado.

Mas depois pensei melhor: "Espera lá, ou são muito poucos, ou ainda não tiraram à sorte quem é que vai ser trucidado pelo Vieira." Não me terei enganado. O movimento foi mesmo apanhado com as calças na mão, o seu candidato era mesmo aquele que não tem antiguidade para concorrer ao cargo.

Assim, confirmo a má primeira impressão que me tinha sido dada pelo facto de terem escolhido como nome um verso de uma cantiga do José Reza. Trata-se, realmente, de uma candidatura-pimba.

As pessoas que estavam na sala, das duas, três: ou sabem que é Veiga o grande nome e não se importam; ou não sabem ao que foram; ou foram pagas para lá estar. Qualquer dos casos é reprovável.

Aplaude-se, portanto, a decisão de antecipar as eleições, indo ao encontro do desejo de todos os que acham que a actual direcção está a mais, ao mesmo tempo que se evita que a próxima época encarnada seja marcada por um clima de campanha eleitoral em que cada ponto perdido pela equipa seria utilizado como arma de arremesso. Foi mesmo a melhor decisão para o Benfica, os meus agradecimentos a quem teve a coragem de a tomar.

terça-feira, junho 16, 2009

Treta

Champanhe na Conde de Valbom!

Atentem nesta primeira página e digam-me qual é a grande notícia.
Não, não é «Jesus na Luz», que isso só a malta que não percebeu aquele comunicado sobre Flores à CMVM é que não sabia. A novidade, com honras de manchete, é: «O Record desta vez acertou!»

Quando um jornal faz uma festa destas por ter acertado uma notícia...

segunda-feira, junho 15, 2009

Cosa Vostra

Para quem não sabe, Galliani é um dos dirigentes que no último escândalo do futebol italiano viram ser-lhes tatuada na testa a palavra corrupto. Não espanta que seja amigo há 30 anos de outro mafioso. Este negócio Cissokho, por verbas nada condizentes com o valor do jogador, na ressaca do jackpot Kaká, tresanda a favor ou agradecimento. Não tenho dúvidas nenhumas, assim como não tenho de que o sobrevalorizado francês terá em Milão o habitual sucesso dos últimos laterais esquerdos do FCP.

Recordam-se deste post?...

(clicar na imagem para obter melhor definição)

Guardei para memória futura alguns comentários engraçados, que podem ser aqui confirmados:

farfalheira: "O Cishoko valorizou rápido como caralho. Há ursos"
Nando: "E essa merda que tu fumas vende-se mesmo onde? 10 milhões pelo SiChoco? Isso já mete ácidos..."

A eles e a todos os outros que pensaram da mesma forma mas não comentaram, faço um pedido de desculpas, pois o Cissokho não saiu pelos 10 milhões de euros que eu previ, mas sim por 15 e ainda pode atingir os 25...

sábado, junho 13, 2009

Mainada!

Estão quase lá. A decisão é de aplaudir, mas tornou-se a dar demasiado tempo. Se alguém nos quisesse comer, tinha tido oportunidade para isso. Por outro lado, um convite para o Benfica deve ser encarado como uma oportunidade única. Quem não o fizer pode ir com a catânia da mãe às costas, que não é digno do nosso interesse.

Jóias

Mas é só porque ninguém dá mesmo nada por ele.

«Ah, e tal, a verba é indecente»

Indecente era se pegassem no vosso moralismo, o metessem no cu e depois publicassem a cena no You Tube, isso é que era indecente.

sexta-feira, junho 12, 2009

CR94

Uma vez que não lhe dão a camisola 7, dêem-lhe uma que não o deixe esquecer os milhões que custou. Se bem que era capaz de ter o mesmo problema que eu... Uma vez, mandei fazer uma tatuagem para não me esquecer, de cada vez que olhasse para ela, de um episódio por que passei, mas... a tatuagem está na nuca, e agora não me lembro do que era.

segunda-feira, junho 08, 2009

sábado, junho 06, 2009

Só queria partilhar convosco o prazer que acabei de sentir, num sábado em que já se começa a ressacar sem futebol, ao assistir via Benfica TV à vitória da equipa júnior do meu clube, por 3-1, sobre os supra-sumos da formação, naquela que foi a primeira enrabadela da era Bettencourt.

Não me percebam mal, não estou a gabar uma vitória do berlinde, estou a dar-me conta de que, se não fosse adepto do Benfica, não tinha possibilidade de ter estes pequenos prazeres via TV.
Isto também é culpa de Vieira, não posso esquecer-me.

Ah, e parece que o Benfica acabou de se sagrar campeão de basquetebol. Eu não ligo a mínima às outras modalidades, mas parece que isso tem alguma importância quando se avalia presidentes.

"Sou camionista, sou o maior"

Ei-lo a 89 à hora a caminho do Marquês, a cantar isto. Só posso dizer que também estou entusiasmado.

Organização também é isto

sexta-feira, junho 05, 2009

O melhor CNB de sempre

O director executivo só pode dedicar 1 hora por dia a este projecto, por isso calha-me a mim abrir as inscrições para o Campeonato Nacional de Blogs 2009/2010, o melhor de sempre.

As regras desta terceira edição do CNB mantêm-se tão simples como sempre.
As alterações já serão explicadas, mas resumem-se a isto:


Vamos experimentar, vamos ver como corre.

Tenta demonstrar que é no teu blog que estão os maiores especialistas do futebol português.
A cada jornada, apresenta um onze composto por cromos da Liga Sagres que aches que vão molhar a sopa nessa ronda. Cada golo que eles marcarem a sério é um golo para o teu blog.
Se o teu blog marcar mais golos que o blog adversário, ganha o jogo e os 3 pontos da vitória.
Quem somar mais pontos vence o campeonato. Basicamente, é isto, com os pormenores que a seguir se esmiuçam.

• Participam todos os blogs que não se importarem de entrar com 10 euros para patrocinar os prémios.
• Não há, desta vez, número limitado de vagas.
• O dinheiro das inscrições será canalizado inteiramente para os prémios.
• Ao mesmo tempo, espera-se que a medida desencoraje a participação de quem joga só por jogar, ou que depois se desinteresse do jogo e abuse das faltas de comparência, desvirtuando a competição.
• As inscrições estão abertas até bem perto do início da Liga Sagres, depois anunciamos o dia.

A prova disputa-se em duas fases: o Torneio de Abertura, coincidentemente com a primeira volta da Liga Sagres, e o Torneio de Clausura, na segunda volta.

Torneio de Abertura
• Decorre durante a primeira volta da Liga Sagres.
• Destina-se a apurar os blogs que disputarão a fase final do CNB, que, divididos em séries de 16 blogs, lutarão pelos lugares de acesso.
• O número de vagas que cada série atribuirá à fase final dependerá do número de participantes.
• A última série decorrerá mesmo no caso de não haver 16 blogs. Nesse caso, os clubes que não tiverem tido o seu calendário tomado por nenhum blog participam na série. Significa isto que o teu blog pode ter de defrontar, por exemplo, o Benfica, o Sp. Braga ou a Académica. É provável que esta série “incompleta” dê menos lugares de acesso directo ao Clausura.
• Há prémio monetário para o vencedor de cada série. O seu valor é variável, sendo que cada vitória vale 1 euro. No máximo, portanto, poderás arrecadar 15 euros se te sagrares campeão de Inverno da tua série; 10 vitórias já pagam a inscrição. Cuidado com as faltas de comparência, que podem tirar-te o direito ao prémio.

Torneio de Clausura
• Decorre durante a segunda volta da Liga Sagres.
• Destina-se a atribuir o título de campeão nacional de blogs.
• É disputado pelos 16 melhores blogs da primeira fase, que começam todos com 0 pontos.
• Atribui um superprémio monetário ao vencedor, composto por todo o dinheiro que não tiver sido distribuído pelos campeões de Inverno.
• Entendemos que só o 1.º lugar deve ser recompensado, porque isso de lutar pelo 2.º lugar é coisa para o Bettencourt, e só o Quique Flores acha que o 3.º lugar é digno de nota. Como tristezas não pagam dívidas, há um de vocês que poderá pagar alegremente as que eventualmente tiver.




• Nas vésperas de cada jornada, num post especialmente criado para o efeito no www.BnRB.blogspot.com, deixa na sua caixa de comentários o onze que defenderá as cores do teu blog nessa ronda. Tenta escolher onze atletas da Liga Sagres que aches que vão facturar nesse fim-de-semana, pois cada golo que eles marcarem a sério é um golo para a tua equipa.
• A escolha desses onze atletas obedece às seguintes limitações:
É obrigatório respeitar o 4×4×2: 4 defesas × 4 médios × 2 avançados (e um guarda-redes, claro).
* Para saberes as posições dos atletas, guia-te pelo www.zerozero.pt.
* Refere a posição, o nome e o clube dos atletas que escolheres, conforme o modelo que se apresenta:
* No caso de colocares um jogador numa posição que não é a sua, os golos que ele eventualmente marcar serão na tua própria baliza.
* Quem acertar num guarda-redes que marque golo recebe 10 euros de cada participante em prova. E quem não pagar é desclassificado.

Deixa de ser possível copiar jogadores do adversário.
* Esta limitação pretende trazer para a competição o chamado “factor casa”.
* A equipa visitada passa a ter prioridade na escolha dos jogadores, jogadores esses que depois não poderão ser seleccionados pelo seu adversário.
* A equipa da casa tem um prazo para exercer essa vantagem, que é mais ou menos de 24 horas a contar da data da publicação do post (e que será afixado no próprio post). Findo esse prazo, quem anunciar primeiro o seu onze é que fica com a vantagem de escolher os jogadores que quiser sem se preocupar em verificar se já foram tomados pelo adversário.
* Os jogadores copiados (entenda-se só os da segunda equipa) não serão contabilizados.

É possível fazer substiuições antes da hora do primeiro jogo da jornada, que marca o fecho das inscrições para essa ronda. Conta o último palpite registado até essa hora.

No caso de um (ou os dois) blog não apresentar equipa, o jogo disputa-se na mesma. As faltas de comparência serão penalizadas da forma que se descreve no respectivo capítulo.

• Finda a jornada, contabiliza-se os golos marcados por cada um dos blogs, sendo atribuídos 3 pontos ao blog que tiver vencido o seu jogo e 1 aos que empataram, tal como acontece na Liga Sagres, da qual se imita também os critérios de desempate.


• À medida que os blogs se forem inscrevendo, vão tomando os calendários dos clubes pela ordem inversa da sua classificação na última época. Deste modo, o primeiro blog a inscrever-se fica com o calendário da União de Leiria, o segundo fica com o calendário do Olhanense, o décimo sexto fica com o calendário do FC Porto. Depois, se na Liga Sagres houver, por exemplo, um Olhanense-FCP, haverá no CNB um confronto entre os blogs que tiverem tomado o calendários desses clubes.
• A cada 16 blogs, abre-se uma nova série nos mesmos moldes.
• Se a última série não for inteiramente preenchida com blogs, os lugares em falta serão tomados pelas equipas da Liga Sagres que não tiverem sido substituídas por ninguém. Significa isto que o teu blog pode ter de jogar contra o FC Porto, o Sporting e o Benfica, por exemplo.


• No Torneio de Abertura, uma falta de comparência vale um cartão amarelo. Um mero aviso.
• Ao segundo cartão amarelo, esse blog perde direito ao prémio monetário de campeão de Inverno, que, no caso de ser conquistado por um blog nestas condições, passa a acumular-se ao prémio final.
• Ao terceiro cartão amarelo, e no caso de terminar a primeira volta num dos lugares de acesso ao Clausura, a vaga é atribuída ao primeiro blog sem cartões que se lhe seguir.
• No Torneio Clausura, os cartões da fase anterior limpam.
• Uma falta de comparência, vale um cartão amarelo, um simples aviso.
• Um segundo amarelo obriga a dividir o eventual prémio final com o primeiro concorrente sem qualquer cartão que se lhe seguir, numa espécie de prémio ao fair play.
• Um terceiro cartão faz perder o direito ao $ do prémio, sendo o mesmo atribuído ao primeiro em condições de o receber, seguindo a ordem classificativa.

E pronto, é provável que nos tenhamos esquecido de qualquer coisa. Os casos omissos serão resolvidos na hora com a habitual e nojenta parcialidade a favor do blog da casa.

Manda um mail para boloposte@gmail.com para tratares da inscrição do teu blog.

Eras um porreiraço se publicasses o cartaz da competição no teu blog, de modo a ajudares a divulgar isto, a ver se conseguimos um prémio do caraças para o campeão nacional de blogs 2009/2010.

PS – Estamos a fazer um ranking com os participantes de todas as edições. Vários itens são tidos em conta, das classificações aos golos marcados, passando até pela participação nas flash interviews. Com base nesse ranking, estamos a pensar fazer, com os melhores dos melhores, uma edição All Stars do CNB, de 4 em 4 anos, a duas voltas. Que tal?

Já me preocupo com o meu clube

Hoje, quero gozar este prato.

quinta-feira, junho 04, 2009

O camionista

Então é por isso que eu não tenho pedalada para apanhar todos os dislates deste jebo. O homem é condutor de pesados (reparem na ligadura a esconder o chamado "bronze de camionista") e parece que tem via verde na portagem das eleições.

Agora foi Pedro Souto que veio mostrar que a acção do sócio que se candidatou para unir e pacificar a família sportinguista é oposta à que apregoa. Souto diz-se traído e afirma mesmo que a Madre Teresa de Alvalade perdeu um amigo. Rogério Alves também deve ter ali uma amizade para a vida.

Depois li numa entrevista não sei onde, dada pelo mesmo indivíduo que assmuiu como referência directiva a escola corrupta do Porto, que, com ele, acabavam os tiros nos pés no Sporting. Há pouco tempo já veio reconhecer essas declarações como infelizes, o que demonstra que, afinal, também em questão de "tiros nos pés", ele é a solução da continuidade.

Enfim, a minha vida não é isto, eu apanho só as gordas, queria que fossem vocês a contar-me que deliciosas bettencurtes tenho eu deixado escapar, como aquela de os adeptos sportinguistas terem de se contentar com o segundo lugar e tal... Hum, qual foi a vossa favorita?

Os meliantes das Antas

  • Um membro dos Superdragões assaltou um ex-jogador do FC Porto. Com o produto do roubo, comprou camisolas do clube. Quem pensa que seria mais fácil gamar logo as camisolas não sabe que o respeitinho é muito bonito. Nem 100 anos de perdão valem a afronta.

  • A afronta vale, sim, 4 milhões. O meliante-mor, a referência do Bettencourt, soltou mais uns peidinhos ao rir-se que nem um perdido por ter roubado mais um jogador ao Benfica. Por 4 milhões, eu pergunto-me se não terão sido antes os ciganos romenos os autores do roubo.

  • O clube da organização, que tem tudo planeado ao pormenor com uma época de antecedência, espera sempre que seja o gabinete de prospecção da Luz a indicar-lhe um jogador a preço de loucos. Bom, no que toca a laterais esquerdos, é mesmo melhor recorrerem ao outsourcing. Será que é desta que acertam?

  • Eu fico sempre mais agradecido do que incomodado com estes desvios-fetiche de um indivíduo que tem uma maneira muito especial de viver o seu benfiquismo: sempre que o clube está prestes a gastar uns milhões mal gastos num Álvaro Pereira, num Cebola, num Casimironãoseiquê, num Jankauskas, num Yuran, num Kennedy, num Panduru, num Dito, num infelizqualquer, ele aparece e inviabiliza o negócio, com altruísta prejuízo próprio. Já merecia um prémio qualquer numa próxima gala do Benfica.

  • Por outro lado, não consigo perceber como é que a entourage encarnada ainda se deixa comer por estes gajos. Eu compreendo que não é fácil negociar sem grande fundo de maneio, mas, que diabo!, não era já tempo de aprender a fechar negócios sem novelas? Tenho de ser eu a explicar-vos tudo? Façam favor de tomar notas:


    1 – Definido o alvo, um emissário com plenos poderes agenda uma reunião com todas as partes que tenham uma palavra a dizer no negócio.
    2 – Na dita reunião, o emissário apresenta a proposta encarnada, ouve as contrapropostas, cede no que estava previsto ceder, mostra-se inflexível no que estava estabelecido ser inflexível, e faz saber aos seus interlocutores o seguinte: se o negócio não se fizer ali, naquele momento, nas condições que vierem a ser acordadas, não há mais conversas. Mas é que não há mesmo, pelo menos da parte do Benfica. Há 834735923 jogadores no mercado, se não for aquele, é outro.
    3 – Se, por acaso, alguém da outra parte se mostrar arrependido de ter inviabilizado o acordo na primeira reunião e quiser voltar à mesa das negociações, o Benfica deve armar-se em parvo, dizer que já não está interessado no jogador e fazer saber que só umas condições muito excepcionais (entenda-se "preço de saldo") podem reatar o negócio.


    Foda-se, o que é que eu estou a fazer em casa a coser meias? Eu devia era estar a ser convidado por uma lista concorrente às eleições.

terça-feira, junho 02, 2009

Ninguém pára o Bettencurtes, allez, oh!

Continua o mar de contradições do cromo-revelação do futebol português. Parece que é mais forte que ele, e eu também não resisto.

Então não é que a solução de continuidade não faz ideia do que quer continuar? O homem está lá dentro há um ror de tempo, mas desconhece o estado do clube. Numa versão muito própria do poeta que o papa gosta de recitar, Bettencourt não sabe para onde vai, mas sabe que vai por ali.

Engraçada também a reacção à outra candidatura. Ele bota-a abaixo dizendo que a oposição é do bota-abaixo. Parece o Cláudio Ramos a criticar a homossexualidade ou o Jesus a indignar-se com as pessoas que maltratam a língua portuguesa. Impagável.

segunda-feira, junho 01, 2009

Deixem-me fazer filmes...


Imaginem que Jesualdo, por uma vez, não disse o que lhe disseram para dizer e, inebriado pela vitória na Taça, ele que costuma ser eliminado à primeira, forçou o FCP a assumir a sua continuidade, ao revelar um acordo de cavalheiros celebrado nesse sentido logo após a derrota com o MU.

Imaginem que Pinto da Costa, que antes do jogo se divertiu com o "tabu Jesualdo", dizendo que obedecia a uma estratégia, não tinha gostado de ver o transmontano em bicos de pés a anunciar a renovação, não tinha apreciado a inconfidência do aperto de mão, e, se estava hesitante em relação à continuidade do marido da Zulmira, tinha decidido naquele momento a sua exclusão do projecto penta, pois, como não é cavalheiro, não teria qualquer problema em anular o acordo.

Imaginem que Pinto da Costa só estava à espera que o campeonato espanhol terminasse para saber se o Bétis descia à segunda divisão e se o Atlético de Madrid conseguia os objectivos que o impediam de mudar de treinador.

Imaginem que Pinto da Costa, ciente de que o regresso a Espanha não estava fácil para Quique, avançava enfim com uma proposta concreta ao espanhol, situação prevista há algum tempo e que foi um dos motivos que estiveram por trás do tabu Jesualdo.

Imaginem que Pinto da Costa via nisto uma win-win situation irresistível: por um lado, seria deliciosa a idea de ser pentacampeão com o treinador que Vieira achou que não tinha competência para treinar o Benfica. Por outro lado, se o espanhol fosse mesmo uma merda, seria da maneira que o FCP, em Outubro, não estaria em 1.º no campeonato, o que contribuiria para que Vieira não perdesse as eleições, desfecho que é encarado no Porto como coincidente com os interesses azuis e brancos.

Imaginem...

Já vamos em quantas bettencurtes?

Pronto, por esta altura, penso que é claro que não é má vontade minha, o homem é mesmo infeliz a falar, não consegue fazê-lo sem dar um tiro no pé. Já são demasiadas ocorrências para ser fortuito. E se, num indivíduo com uma relação conflituosa com a gramática, só podemos inferir lacunas ao nível da educação, em casos como o de Bettencourt temos de duvidar da sua inteligência. Deste ponto de vista, não tenho dúvidas: para quem não deseja nada de bom ao Sporting, um burro na presidência é uma ideia agradável.

Como a burrice também, de modo geral, é uma coisa que define os lagartos, estou convicto de que a sua maioria será incapaz de reparar nas limitações deste candidato e dar-lhe-á mesmo a presidência. Sorrio. E depois dou mesmo uma gargalhada quando penso no seguinte: O Sporting está na linda situação em que hoje se encontra graças ao desempenho de dirigentes que, para além de pouco dotados para a função, também não dispunham de muito tempo para ela. Agora, imaginem com um burro a full-time. Força, Bettencourt! Esforço, dedicação, devoção e descalabro: era uma vez o Sporting.