segunda-feira, novembro 30, 2009

Exceptuando vocês, esta merda deste blog tem mesmo os melhores leitores do mundo!

E eu digo isto porquê? Porque, enquanto vocês se entretinham a gozar-me, a fazer pouco da minha azia, houve alguém que tomou as minhas dores e me surpreendeu com a melhor mensagem que este blog alguma vez recebeu. Vizinha do 5.º esquerdo (era assim que vinha assinado o mail), eu não sei quem tu és, mas... queres casar comigo?


PS – Eu não sabia que havia gajas a ler este blog, mas, se mais houver, queria dizer-lhes que continuo muito combalido e que, se quiserem mandar mais fotos deste género para me animar, eu poupava um dinheirão em antidepressivos.

Universo do Mister

Quem é que se lembra do Fonseca e do Nuno Campos nos campos de futebol das décadas de 90/00? Pois fiquem sabendo que, agora, quem manda no banco são eles, e têm um blog onde se predispõem a falar de futebol a sério, sob o ponto de vista do treinador, num debate de ideias que se espera frutuoso. Estou certo de que o facto de terem sido um dia orientados por mim num torneio manhoso de futebol society, em que fomos a única equipa que conseguiu vergar o campeão (graças à minha sagacidade, claro), os marcou profundamente e os inspirou para a carreira que agora começam. Desejando as maiores felicidades aos rapazes, convido todos a darem um saltinho ao Universo do Mister.

domingo, novembro 29, 2009

– Ó FCP, não jogas a ponta de um chavelho, nada, zerinho. Se não for o árbitro a inclinar o campo, não sei aonde vais parar.

E, se eu não me tiver enganado na merda das contas (que é o costume), o grande vencedor do passatempo sobre o derby é...

Com 13 respostas certas (e 1 golo anulado), Gonçalo Cabral pulverizou a concorrência na sua estreia nos passatempos deste blog. Se as contas estiverem certas, ganhou uma B-shirt à sua escolha.

O Gonçalo acertou nas seguintes questões:
2. Pronto, a tua bola de cristal não tem zoom, diz só se achas que vai ser 1, X ou 2.
X
5. Qual o resultado ao intervalo?
0-0
8. Haverá algum autogolo? Sim, ou não?
Não.
9. Quantos golos vai marcar o Benfica?
0
11. Quantos golos serão assinados por Cardozo?
0
13. O Sporting vai sofrer algum golo na sequência de um canto?
Não.
14. O Sporting vai falhar algum penalty?
Não.
15. Vai haver invasão de campo?
Não.
16. Qual a diferença de golos no final da partida?
nenhuma.
17. Alguém marca de livre directo?
Não.
18. Qual o resultado antes do 3.º golo do encontro?
Não ha terceiro golo. ANULADA
21. De que cor serão as camisolas dos guarda-redes titulares (é preciso acertar nas duas)?
Sporting = preto; Benfica = azul.
23. Algum suplente marcará um golo?
Não.
25. Ouviremos olés na parte final do encontro?
Não.

A resposta 18 foi anulada porque se pretendia simplesmente um resultado como resposta àquela hipotética situação. Houve mais quem tivesse respostas deste género anuladas (sem influência no resultado final, ufa). Um dos exemplos é o de El Tacuara, que respondeu assim à mesma pergunta: «não vai haver 3º [certo] , fica 0-1 [errado].» Como pontuar uma resposta destas? Com 0 pontos, por ter fugido à questão. De qualquer modo, mesmo considerando certos todos estes lances duvidosos, a vitória seria sempre do Gonçalo Cabral.

Agradecemos a participação do RUI10COSTA (7), do !nsurrecto (9), do Varandas (5), do Mago (9), do Diego Armés (6), do El Tacuara (8), do Burmelho (5), do Neoprodigy (5), do Bruxo (10) e do PGXMS (10), que fizeram todos melhor que o Boloposte (4).

Ainda não foi desta que fizemos um concurso sem prejuízo, mas... que se lixe, este até foi dos mais participados. Gonçalo, diz lá que B-shirt é que queres, manda a tua morada para o mail e vai pensando nesta proposta indecente: damos-te 25 euros se nos mandares um vídeo com uma febra a despir a B-shirt que ganhaste. Topas?

Dérbil

O Sporting voltou a perder pontos em casa frente a uma equipa que, todos reconhecem, fez uma exibição miserável. Lenços brancos? Não, uma festa do caraças. Nunca (never) irei compreendê-los...

quinta-feira, novembro 26, 2009

Ó pra mim a afiar a moca


Já estou a contar os minutos para o jogo de sábado. Começo «1, 2, 3...» e páro no 8. Não sei se isto quer dizer alguma coisa. Até lá, há uma coisa que ninguém me tira da cabeça. (Quem foi o engraçadinho que disse caspa?) Bom, dizia eu que, para além do rabo da roliça do 5.º esquerdo do meu prédio, há uma coisa que ninguém me tira da cabeça: vamos a Alvalade infligir uma goleada histórica. E é uma convicção tão firme como o rabo da roliça, que isto está tudo ligado. ... (Desculpem, perdi-me, acabei de dizer «como o rabo da roliça» e esqueci-me do que vos queria contar... Continuo no próximo parágrafo, está bem?)

Onde é que eu ia? Ah, sim, tudo se conjuga para que assim seja. De um lado, o melhor Benfica que alguma vez vi jogar. Do outro, o Sporting que mais me fez rir em apenas 5 meses. Até Luisão foi acometido de uma apendicite só para não moralizar o Liedson – Antão, isto não é uma intervenção cirúrgica, é uma intervenção divina!

Para aqueles que acreditam na força dos adágios populares, Caneira acaba de explicar que o Sporting está melhor porque ganhou aos Pescadores, enquanto o Benfica está pior porque perdeu em casa. Portanto, não restam dúvidas, será mesmo uma vitória proverbial. Aliás, esse desaire frente aos vitós foi o pior que podia ter acontecido ao Sporting. Agora, a cambada de chulos que joga de águia ao peito vai ao WC disposta a lavar a face. Vai ser bonito ver aqueles meninos a ensaboar o juízo. Ainda por cima, há contas a ajustar com Carvalhal. E esta equipa, mesmo que esteja a ganhar por 3, não se põe a gerir o resultado, continua a carregar como se só a partir da meia dúzia é que os golos valessem. Por tudo isto, acredito num cabaz gordo e saboroso, igual ao rabo da roliça.

No meu sonho, a roliça vem perguntar-me se lhe empresto uma xícara de açúcar o Benfica faz o 0-7 aos 60 minutos e leva a meia hora seguinte a rabiar os lagartos. Ouvem-se olés em sequências que chegam a durar 10 minutos, e as osgas ficam varadas. A rabia é tão humilhante, que a equipa abdica de chutar à baliza e fazer o golo só para não perder a bola e não estragar o recorde de passes seguidos sem o adversário tocar na chincha. Numa dessas situações, num meiinho na área do Sporting, um lagarto humilhado (pareceu-me o Pedro da Medalha) tenta pôr fim ao baile com uma entrada faltosa de que resulta uma grande penalidade. Na sequência da provocação, a Juve Leo invade o campo, e Bettencourt salta do camarote presidencial para recolher o gado. Vai abrindo passagem entre os cretinos com palavras como «Afastem-se, deixem isto para quem sabe, é preciso ter carta de pesados!».

Esta interrupção de jogo, ao minuto 88, que se destinava a impedir o 8.º golo do Benfica, ficará conhecida pelo nome de «oitus interruptus». Resolvida a situação, Ramires, camisa 8 do Benfica, encarrega-se da marcação da grande penalidade. Toda a gente se interroga por que raio não é Cardozo a bater a falta, mas a explicação viria depois, quando Ramires atira a bola deliberadamente para fora, para não tirar o número 7 do placard. Lá está, o Tacuara não falha penalties, não podia ser ele a fazer isto. As osgas no estádio não sabem se hão-de festejar o falhanço ou não.

A estocada final vem no último minuto, quando Nuno Gomes, o capitão da equipa, marca de propósito um golo na própria baliza, fixando o resultado em 1-7, aumentando o número de comensais no tradicional jantar comemorativo dos sete-a-um de Alvalade. Curiosamente, no estádio, só a claque encarnada comemora este golo do Sporting. As imagens correm mundo pelo insólito de uma equipa festejar um autogolo. Não haverá uma alminha no mundo que fique sem saber que o Sporting Lisbon foi humilhado em casa pelos Portuguese giants Benfica. Uma equipa da ESPN está em Lisboa na semana seguinte para fazer um documentário. No Estádio da Luz, começam os preparativos para uma instalação que reproduz a celebração deste golo de Nuno Gomes, com réplicas de cera dos jogadores em tamanho real, vestidas com o equipamento que foi suado em Alvalade.


E pronto, a minha vida, nos últimos dias, tem-se resumido a imaginar esta situação que acabo de descrever e o rabo da roliça em situações que não me atrevo aqui a descrever, mas parece que está escrito: de uma maneira ou de outra, são 7 na peida.

terça-feira, novembro 24, 2009

Série A - 11ª Jornada

Rai's os hodan mais estas paragens......



Bamo lá c'agora é tudo seguidinho até à 14ª...depois pára 1 mesito para as taças da carlsberg...ui, vai ser lindo! Um mês a buer a carlosalberto?

Bora lá ao que interessa:

Dead-line para o factor casa é na 4ª feira do costume à hora do costume: 23.59h.

Série B - 11ª Jornada

Passado o absentismo com sotaque sul-africano da nossa liga, está de regresso o CNB também à série B. Eis o próximo menu:



Dead-line para factor casa igual ao costume: 4ª feira 23.59h.

Série C - 11ª Jornada

De regresso, após longas férias, a série C exibe a seguinte ementa para o fim de semana:



Factor casa: dead-line continua a ser na 4ª feira às 23.59h.

segunda-feira, novembro 23, 2009

Entretanto, na Liga Sagres...

Ora ainda bem que estão todos cheios de vontade de participar em mais um passatempo parvo

O BnR B oferece uma B-shirt à escolha, no valor de 25 euros, a quem tiver mais respostas certas no questionário referente ao SCP-SLB, da próxima jornada, que apresentaremos de seguida.

Para participar, é preciso entrar com 1 euro e o número de cêntimos equivalente à ordem de inscrição (por exemplo, se pagares 1,05 euros, isto significa que és o concorrente n.º 5). Manda mail para combinarmos o valor da tua inscrição.

Em caso de empate no número de respostas certas, atribuiremos a camisola a quem tiver o número de inscrição mais baixo (oh, merda, isto quer dizer que o prémio sai sempre).

Agradecemos que, se não vais participar no concurso, não respondas ao questionário. Deixa a caixa de comentários só para os concorrentes, OK? Muito obrigadinhos.

Eu também vou participar no passatempo (mas sou o zero na ordem de inscrição, portanto estou fora dos factores de desempate) também para que percebam como devem responder às 25 questões. Cá vai:

  1. Qual vai ser o resultado do jogo?
    1-8
  2. Pronto, a tua bola de cristal não tem zoom, diz só se achas que vai ser 1, X ou 2.
    2
  3. Diz o nome de um jogador que vá ser expulso.
    Vukcevic.
  4. Qual vai ser a primeira substituição de Carvalhal?
    Sai Adrien, entra Postiga.
  5. Qual o resultado ao intervalo?
    1-2
  6. Se houver, que clube vai beneficiar do primeiro penalty?
    Benfica.
  7. Se houver, que clube vai beneficiar do segundo penalty?
    Sporting.
  8. Haverá algum autogolo? Sim, ou não?
    Não.
  9. Quantos golos vai marcar o Benfica?
    8 (contam só os válidos)
  10. Quantos golos vai marcar o Sporting?
    1
  11. Quantos golos serão assinados por Cardozo?
    4
  12. A quem vai ser atribuído o segundo golo do encontro?
    João Moutinho
  13. O Sporting vai sofrer algum golo na sequência de um canto?
    Sim.
  14. O Sporting vai falhar algum penalty?
    Não.
  15. Vai haver invasão de campo?
    Sim.
  16. Qual a diferença de golos no final da partida?
    7 golos.
  17. Alguém marca de livre directo?
    Sim.
  18. Qual o resultado antes do 3.º golo do encontro?
    1-2 <- enganei-me aqui, mas já não vou mudar, azar o meu.
  19. Quantos golos vai ter a segunda parte?
    5 golos.
  20. Diz um minuto exacto em que, de acordo com a ficha de jogo do site da Liga, tenha acontecido um golo.
    25
  21. De que cor serão as camisolas dos guarda-redes titulares (é preciso acertar nas duas)?
    Sporting = preto; Benfica = azul.
  22. O primeiro golo do encontro, se acontecer, é marcado com a cabeça, com o pé direito, com o pé esquerdo, ou com uma mão qualquer?
    Cabeça.
  23. Algum suplente marcará um golo?
    Sim.
  24. Haverá algum golo anulado?
    Não.
  25. Ouviremos olés na parte final do encontro?
    Sim.

Temos de ter paciência, daqui a uma semana voltam para o buraco

Problemas de identidade

Esta pérola está, enquanto não a corrigirem, na primeira página do site oficial do www.sporting.pt

domingo, novembro 22, 2009

Ops!



Depois de tanto ar quente, nada como um regresso à velha escola do novo século, com um andar novo em pleno Alto dos Moinhos. Talvez tivessem feito melhor a fazer como os andrades, implorando um adiamento porque sim: não seria surpreendente, visto que já com a Naval precisaram de escamotear um penalty com cartão vermelho (minuto 41), contra uma equipa "treinada" pelo Inácio. Só falta saber qual é a moral galinácea para falar mal do Burro Animalves quando o branco (melhor, caboclo) de carapinha loura ficou em campo com as trancadas dos minutos 77 e 91, respectivamente. Os dois minutos de compensação dos cinco minutos de compensação são uma nota de rodapé ao lado da nova oferta impune da casa, ou seja, empurrar jogadores para fora do campo sem nenhuma acção disciplinar.
Mas nem tudo é mau: agora, podem dedicar-se ao campeonato. Toca a irem jogar para o pontinho a Alvalade, depenados...

É impossível manter um blog nestas condições

Renovação de stock prevista para o Carnaval

sábado, novembro 21, 2009

Mas que paneleirice é esta?

Querem ver que o relvado estava pior que o de Tóquio onde ganharam uma Intercontinental, não? Isto, meus amigos, tem um nome: medinho. Todos sabemos do talento de Jesualdo para se deixar comer por estas equipas. E Paixão alinha nisto...

sexta-feira, novembro 20, 2009

O relvado da Oliveirense

Realmente, o melhor é transferirem o jogo para o Algarve. Ou para o Restelo.

É por erros de gestão destes que o Sporting não vai a lado nenhum

Se tivessem vendido o Rochemback para estes fins, pagavam o estádio, resolviam o passivo e ainda sobrava para construir um pavilhão para cada modalidade amadora.

Ó pra mim a distribuir jogo

Pára no peito, cola na relva e mete em profundidade para ali.

Está bem, abelha

O clube da organização-modelo tem uma rede de 300 olheiros espalhados pelo mundo, que lhe deve custar os olhos da cara (quem vende cissokhos por 15 milhões, e luchos e lisandros, não devia ter necessidade de empréstimos obrigacionistas no mesmo ano), mas depois contrata os jogadores que o Benfica referencia (Falcão e Álvaro Pereira estão na notícia por engano, certamente) e os treinadores que o Sporting deseja... Quando contratam sozinhos, reforçam o banco de suplentes e o contigente de emprestados. Há algo que não está a funcionar bem, e não é só o aparelho digestivo do presidente. Foi o departamento jurídico que disse que o scouting não é válido?

domingo, novembro 15, 2009

Incompetentes de um raio, obrigam-me a refazer as piadas todas...

Mensagem aos cretinos e anormais preocupados com Carvalhal

Quem é que é pé-frio?


Na sexta-feira, 13, os jornais diziam que eu tinha de pagar 50 euros ao !nsurrecto, à conta de um concurso cretino. O sacana do !nsurrecto é um gajo que já percebeu que os leitores do BnR B não têm tomates para entrar nos mais interessantes concursos blogosféricos, então farta-se de papar prémios à conta da minha ingenuidade. Eu já passava por pé-frio sempre que ele entrava em jogo (o último azar foi uma B-Shirt fabulosa que me custou 25 euros e que ele amarfanhou por apenas 5). Já me tinha eu mentalizado para lhe encher o cuzinho uma vez mais, quando Bettencourt fez questão de se tornar o meu melhor idiota-de-estimação de sempre, oferecendo-me os 5 euros do N., o euro do !nsurrecto, o da Tasca do Dinis e o euro do Velho Estilo, que foram os únicos que alinharam na parvoíce. As más notícias são que, com 8 euros, não há febras para ninguém, seus maricas do caralho.

sábado, novembro 14, 2009

AVB arrisca-se a ser o 2.º treinador a levar um soco de Sá Pinto


  • Contratado para ajudar a combater ferozmente os terroristas de Alvalade, Sá Pinto equaciona um «contacto directo» do seu punho direito com um sobrolho qualquer de André Villas-Boas.


  • É delicioso o subtítulo desta peça do Record, sugerindo que nem passando primeiro por uma casa de penhores o Sporting conseguiu condições para contratar o treinador do último classificado.


  • Mal soube do falhanço das negociações, a minha dúvida foi: «sem Pedro Barbosa, quem irá agora dizer que foi o Sporting que não quis Villas-Boas?» Foi Bettencourt. O que disse fez lembrar aquele do anúncio da Vodafone, que se empenhou em "contactos indirectos" para chegar a Eva Mendes, e depois... puf! Power to you, JEB!
  • Agora, os jornais garantem que «Pekerman encaixa no perfil traçado por Bettencourt». Esperem, esperem, deixem-me imaginar um perfil em que Villas-Boas e Pekerman caibam ao mesmo tempo... Hum... Já sei: «caucasiano, do sexo masculino»! É isso, não é? Aposto que ainda vai ser a Naide Gomes a suceder a Bento.


  • Quando chegou ao clube, JEB elogiou a estrutura do FCP, dando ideia de que queria fazer uma coisa parecida no Sporting, com um reduzido número de pessoas. Vai daí, troca Barbosa por Sá, Telles por Guedes, e... pronto, está bem, Salema Garção não deve contar como pessoa. Expliquem-me só uma coisa: para que é que a estrutura antiga (Telles/Barbosa Guedes/Sá), reforçada com um presidente a tempo inteiro que se vai ocupar justamente do futebol, precisa de uma coisa que ninguém sabe o que é chamada «team manager»? São mais dois salários iguais ao do Abel para desempenhos iguais ao do Abel.


  • O que eu sei é que, se o Sporting fosse um clube visigodo, já alguém tinha resolvido o problema com um par de estalos e um puxão de orelhas a Bettencourt. Assim, vai ardendo em lume brando.
  • sexta-feira, novembro 13, 2009

    Miguel e André

    Eu não facilitava...

    Eu, se fosse o Benfica e jogasse com o Sporting na próxima jornada, fazia saber à Académica que cobria a proposta do Sporting, para não libertar o treinador. É uma oportunidade de ouro para ir a Alvalade espetar 8. Além disso, não me apetece nada pagar 50 euros à conta de um concurso cretino.

    quinta-feira, novembro 12, 2009

    Série A - 10ª Jornada

    Foi o fecho do segundo terço da fase de apuramento desta prova. Os resultados do fim de semana foram os seguintes:

    No jogo da jornada, o líder Zé Bitaite recebia o seu mais directo perseguidor, o surpreendente Sósia da Bola. E o Zé soube receber muito bem, oferecendo o 1º golo ao Sósia que ficou Rolando sobre a placa do Bitaitodrôme. Na segunda parte e de penalty, controverso, mas penalty, o líder chegou ao empate pelo Moutinho, mas nos minutos finais Javi Garcia, de cabeça, calou os Bitaites ao Zé, que ainda é lider, mas o pelotão aproximou-se...

    A tabela ficou com este aspecto:

    A sala de imprensa aguarda-vos. Vão lá e falem do Rolando, dos cretinos, do azar, do catano, mas falem....não deixem os moços à espera....

    Série B - 10ª Jornada

    Confusão total nesta série. Vamos aos resultados:
    O líder e campeão em título claudicou e cedeu um empate frente ao aspirante Bica a bica; o Humanifesto aproveitou-se da tripla distracção do Insurrecto, primeiro ao deixar passar o direito ao factor casa deixando o visitante usar a opção sobre os jogadores, em seguida porque mesmo fora do prazo, resolveu usar apenas 4 jogadores regulamentares, já que os outros estavam escalonados e por último, porque um desses 4 regulamentares ainda deu o golo da vitória ao Humanifesto....é dose!

    O eterno e crónico candidato, o Zeist, agarrou a pontinha da corda e aproveitou a descida do Dianabol, agarrado na outra extremidade, para se deixar içar na tabela, com um espetanço de 5-1 afectando a contabilidade do Quiosque, enquanto o Armés se distraía na pastelaria e levava com duas tigeladas no lombo.

    Destaque também para a subida em pés de lã do Red Glock, já no 4º lugar.

    No jogo da jornada, o então 5º classificado, decidiu levar todos os Putos à bola, para receber 02º na tabela e mais regular 1º voltista da história desta prova, o Cparis da Brioooosa. Até começaram bem os Putos, que sem mexer uma palha estavam a ganhar com um golo do magnifico Rolando. Mas foi sol de pouca dura, entre polémicas, só tiveram tempo de olhar para o placar quando ele já estava em 1-3, com um hat-trick do Edgar. No final o Javi respondeu com distinção à ultima pergunta e deixou os putos com uma nota medíocre na tabela.

    Aqui está ela:

    Por falar em oral....esqueçam. Façam de conta e façam uma "oralização escrita"... Ui....esta nunca passou pela tola do Taveira.....

    Série C - 10ª Jornada

    Resultados do fim de semana:

    Alguns destaques nesta série e desde logo o 5º empate do Visconde sem pousar os cotos na prova e pior....desta vez com um golo e tudo.....divide a ultima posição com o Zé Ferra - mesmo número de pontos......ó Zé Ferra! ....Nem digo mais nada.....

    Mas este não foi o único empate em jogos onde uma equipa jogou sozinha. O Macedo ao ataque também empatou e pior....fê-lo já nos descontos....senão iria perder contra nenhum jogador o que era....engraçado....


    O jogo da jornada era o que opunha o 2º ao 1º. O ndrangheta na qualidade de visitante postou a equipa dentro do prazo que conferia ao Livro Virtual o direito de opção sobre todo e qualquer jogador. O caseiro não se fez rogado e lançou os jogadores que entendeu. Não reparou o escrete mafioso e apenas trocou um jogador "repetido" (que por acaso até lhe marcou o golo). Resultado: os visitantes apresentaram apenas 5 jogadores válidos. O resultado de 2-1 registado no final, traduz-se na troca directa de posições na tabela.

    Ei-la:


    É favor chegar à sala de imprensa. O micro é vosso.

    A explicação da crise do FCP

    Quem é que quer festejar golos com o Hulk por perto?

    quarta-feira, novembro 11, 2009

    Na grama com Bettencourt

    José Eduardo Bettencourt convoca uma reunião de emergência com os seus três homens de confiança: Cretino 2342, Dias Ferreira e Não Sei Quê Mil-Homens.

    JEB – Meus amigos... Já tenho aqui o perfil do próximo treinador do sportém.
    Os outros 3 – Hummmmm... Muito bonito.
    JEB – Sim. É caucasiano. Vocês sabem que os caucasianos são, por tradição, muito bonitos. Eu sou caucasiano...
    Cretino 2342 – E o cabel...?
    Mil-Homens – Cof cof... hrum...
    JEB – Como eu dizia, do perfil do próximo treinador do sportém devem constar certos atributos. Um deles é ser caucasiano.
    Os outros 3 – Sim sim, pois... isso é óbvio.
    JEB – Outro é, evidentemente, ser homem!
    Os outros 3 – É isso, JEB! É isso.
    JEB – Calma, calma... por fim, tem de ser... enfim, treinador de futebol...

    (pausa)

    Dias Ferreira – Ó Zé Eduardo... e nós teremos orçamento para isso?
    JEB – Eu tenho plena confiança em que sim. Plena confiança. Procuramos um baratinho. Bolas, há caucasianos baratinhos... Tem de haver.
    Cretino 2342 – Mas... e serão treinadores?
    JEB – Sim, treinadores. Olhem, eu até fiz uma lista. Vai assim: André Villas-Boas, Manuel Cajuda, José Mourinho, Manuel Machado, Ericksson...
    Mil-Homens – Esse é caucasiano?
    JEB - ... Eriiiiiickson, Jaime Pacheco, Octávio Machado, José Peseiro...
    Cretino 2342 – Ó presidente... o Peseiro?
    JEB – Mas vocês deixam-me acabar? Ai, mas que merda... cala-te, pá. ‘Tá calado. José Peseeeeeeeiro, Jorge Jesus, Domingos Paciência e Jorge Costa. E Carlos Queiroz.
    Os outros 3 – Ohhhhhhhhhhh... (expressão mista de espanto e medo)
    JEB – Mas esse não deve querer... Vou riscar... Pronto, já não diz aqui Carlos Queiroz.

    (JEB mostra o gatafunho à parca audiência, que anui.)

    JEB – Vou começar pelo Cajuda. (pega no telefone) ‘Tou, Manel? Olá... é o Zé Eduardo. Sim, o do sportém... bla bla bla

    Dias Ferreira – Ora, deixa cá ver... eu tinha p’raqui o numbro do Machado... (pega no telefone) Alô, Manel? Então?... É o Dias Ferreira, pá... o da telvisão... sim... isso, o do palito, ah ah ah... bla bla bla

    Mil-Homens – Bom, ‘tá bem, falo eu com o Pacheco...

    Cretino 2342 – Errr... Mourinho? Eu? Oh god...

    Alguns minutos mais tarde.

    JEB – Hello? Hello... Sven-Goran, how are you? Yes, yes, yes… From Lisbon, because football, yes… no no, not Benfica… ah ah ah Belenenses, what a joker… bla bla bla

    Cretino – Bicho? Alô, é o Cretino. Tudo bem?

    Dias Ferreira – Eu falo com o palmelão. Sempre simpatizei com o homem... Vocês sabem do que eu estou a falar.

    Mil-Homens – Nem pensem que vou ligar para o Jesus. O Cretino que trate do assunto.
    Cretino – Mas ele agora está a falar com o Ericksson. AH AH AH AH :)

    (Riem todos muito, menos JEB, que solta inclusivamente um “fuck off” sonoro, deixando Sven-Goran ainda mais confuso)

    Algumas horas mais tarde...

    JEB – Olhem e se o gajo não for mesmo mesmo mesmo caucasiano?
    Cretino – Não, essa piada já foi feita... Coitado do Oceano :)
    JEB – :) Hum... E se viesse, por exemplo, de outra modalidade? Vá...

    A reunião continua, alonga-se horas a fio. O momento é de brainstorming.

    Dias Ferreira – Bom... temos sempre o Paulo...
    Mil-Homens – O Paulo? Qual Paulo?
    Dias Ferreira – Bem, o... o Bento.

    (Pausa)

    JEB – Vocês já viram o que aconteceu com o Enke? Pobre rapaz... Tudo bem, era benfiquista. Mas era um ser humano...
    Cretino 2342 – É verdade. Que Deus o tenha.
    Os outros – Que Deus o tenha!

    (Benzem-se)

    JEB – Bom, eu tenho aqui o contacto... do... da... Mota...
    Dias Ferreira – Do Zé?
    JEB – Da... Err... Rosa... Hum? Alguém se opõe?

    Um metro fora de jogo

    Esta é a primeira página do Metro de hoje:
    Isto de a selecção estar cada vez mais cheia de brasileiros começa a confundir o pessoal mais desatento. Ora, façam lá um zoom à fotografia do CR9, a ver se percebem que fenómeno estranho aconteceu na redacção do Metro.

    Um concurso parv... cretino

    O BnR B dá-te uma notinha destas se fores o primeiro – nesta quarta-feira e só nesta quarta-feira – a deixar na caixa de comentários deste post o nome do novo treinador do Sporting.

    Cada nome custa-te 1 euro e picos. Manda mail para te inscreveres.

    PS das 12:45 – Até este momento, só 3 gajos mandaram o mail, e nenhum palpite foi validado ainda.
    PS das 13:11 – Palpites validados até ao momento:
    PS das 16:45 – Continuam em prova, até este momento, apenas os dois palpites do PS anterior.

    segunda-feira, novembro 09, 2009

    A desconstrução do Sporting

    Diego Armés, meu cabrão, assinavas o post do ano se interpretasses com a tua guitarra a versão que vou passar a apresentar:

    Ponham a música a tocar e cantem por cima como se fosse esta a letra:

    Chorou daquela vez como se fosse a última
    Perdeu um treinador como se fosse o único
    Fez-lhe elogios como se lhe devesse o título
    Teceu-lhe loas como não estivesse em sétimo
    Reagiu como se estivesse ali em pânico
    Ergueu na zona VIP um punho forte, enérgico
    E as pedras rechaçou com engenhos bombásticos
    Com os olhos vermelhos de ciúme e lágrimas
    Sentou-se a discursar como se fosse sábio
    Tentou fazer humor como se fosse o máximo
    Mas insultos ouviu como se fosse um tísico
    Disparatou ali como se fosse um cómico
    Elencou soluções como se fosse um bêbado
    E ali deixou no ar uma sensação trágica
    De que o clube está mas é num estado crítico
    À espera dum messias que virá do Cáucaso
    E perderá o norte do modo mais rápido


    Chorou daquela vez como se fosse a única
    Perdeu um treinador como se fosse um sábio
    Fez-lhe elogios como se lhe devesse o máximo
    Teceu-lhe loas como não estivesse bêbado
    Reagiu como se estivesse ali no Cáucaso
    Ergueu na zona VIP um punho forte, tísico
    E as pedras rechaçou com engenhos bem cómicos
    Com os olhos vermelhos de sensação trágica
    Sentou-se a discursar como não fosse o sétimo
    Tentou fazer humor como se fosse o último
    Mas insultos ouviu como se fosse um título
    Disparatou ali como se fosse um crítico
    Elencou soluções como se fosse enérgico
    E ali deixou no ar a sensação bombástica
    De que o clube está, sim, num estado de lágrimas
    À espera dum messias que não virá rápido
    E perderá o norte como estando em pânico


    Chorou daquela vez como se fosse bêbado
    Perdeu um treinador como se fosse o máximo
    Reagiu como se não estivesse em sétimo
    Ergueu na zona VIP um punho forte, cómico
    Elencou soluções como se fosse pânico
    À espera dum messias que não será sábio

    E perderá o norte de modo bombástico

    Guerreiro menino

    Depois de ter soluçado como um menino a quem roubaram o ursinho de peluche favorito, José Eduardo deu um murro na mesa, tentou dar outro no cretino noventa-e-tal-mil e lançou-se numa cruzada contra os terroristas do clube, tornando-se no guerreiro menino que parece ser traço comum na linhagem dos presidentes leoninos.

    O BnR B, conhecido pela alta fiabilidade das suas previsões, fechou os olhos e tentou ver o filme todo, e pode adivinhar que o fim não será simpático para o presidente do Sporting. Confiram:


    Reparem na sequência que se inicia aos 0:38 e digam lá se a técnica não é esta.

    A prenda deste Natal

    Vou mandar fazer alguns para certos amigos meus, alguém quer aproveitar a boleia?

    domingo, novembro 08, 2009

    Palpita-me que esta noite vai ser boa


    Let's do it, Marítimo! Let's do it, Rio Ave!

    Bettencourt revoluciona comunicação com os sócios


    Treinador a tempo da Taça?

    O meu favorito para suceder a Paulo Bento seria Quique Flores. Não é um sonho impossível: até ao jogo da Taça, o espanhol tem mais que tempo para ser despedido do Atlético de Madrid, mas, convenhamos, seria difícil aceitar o salário que o Sporting tem para oferecer. Ainda por cima, sair sem receber indemnização é um requisito com que o cigano nunca concordaria. Scolari também me divertiria bastante, mas... não há dinheiro, não há palhaço. Assim sendo, o treinador com o perfil mais parecido com o de Bento – treinador de juniores, ex-jogador do clube, sem provas dadas, sem nada melhor para fazer, sem grandes exigências, sem nada a perder –, possível de ser contratado em tempo-recorde, parece-me ser Rui Jorge. Aposto neste cavalo caucasiano do sexo masculino. Se bem que, como JEB demora cerca de 15 dias a contradizer-se, Oceano também pode ser uma forte hipótese.

    Menino da lágrima

    Não perca, num próximo post, a transformação deste menino da lágrima num guerreiro menino de fazer inveja a Santana Lopes.

    Um homem também chora,
    menina morena,
    também deseja colo,
    palavras amenas,
    precisa de carinho,
    precisa de ternura
    precisa de um abraço
    da própria candura.
    Guerreiros são pessoas
    são fortes, são frágeis,
    guerreiros são meninos
    no fundo do peito,
    precisam de um descanso,
    precisam de um remanso,
    precisam de um sonho,
    que os tornem refeitos.
    É triste ver este homem,
    guerreiro menino,
    com a barra de seu tempo
    por sobre seus ombros.
    Eu vejo que ele berra,
    eu vejo que ele sangra
    a dor que traz no peito,
    pois ama e ama.
    Um homem humilha-se
    se castram seu sonho
    seu sonho é sua vida
    e a vida é trabalho
    e sem o seu trabalho
    um homem não tem honra
    e sem a sua honra
    morre-se, mata-se
    não dá para ser feliz
    não dá para ser feliz