sexta-feira, dezembro 30, 2011

A flash interview de Godinho Lopes ao Expresso


Em entrevista flash interview ao Expresso, Godinho Lopes define-se como "alguém que sempre gostou de trabalhar e não tem tempo para muito mais", mas sempre vai arranjando tempo para "adorar ir às 19 horas à Gulbenkian ouvir Bach e Beethoven, e, às vezes, a Londres, assistir aos bons musicais", bem como para fazer "ioga três vezes por semana". Depois, claro, tem de ler "três livros de cada vez", porque o tempo é escasso.

Percebe-se a diferença de destaque editorial vincada no post anterior: duas míseras páginas de entrevista, e ainda teve de se encher chouriços com música clássica na Gulbenkian, musicais londrinos e ioga para acalmar.

O tal homem que não tem tempo para muito mais que não seja trabalhar começou esta entrevista rejeitando uma chamada telefónica, pedindo à directora de comunicação que atendesse, porque estava a dar uma entrevista muito importante a comunicar ao mundo que, "em miúdo, escrevia em versos para a sua mãe". Depois, o telefone tocou novamente, mas aí já teve de atender porque – justificou – "era da vida pessoal". Prioridades: 1.º, a vida pessoal; 2.º, entrevistas para o ego; 3.º, o Sporting. O Sporting sempre em 3.º lugar.

No que interessa aos adeptos do clube, ficou a saber-se que o Sporting não tem dinheiro para ir ao mercado de Inverno e que a SAD poderá ser vendida maioritariamente a capitais estrangeiros. O clube é dos sócios, sim, mas, aparentemente, só dos que pagarem forte e feio. Ah, e não esquecer o anúncio de que o Sporting vai ter mais uma modalidade, a canoagem. Aposto que teve a ideia ao ver o clube naufragar. Com paquetes, não, que dá muita cana, mas pode ser que, com embarcações mais pequenas...

13 comentários:

POC disse...

Carrega Godinho! Não carregues muito, senão o Paquete ainda vai ao fundo...

Bom ano a todos,

http://simaoescuta.blogspot.com/2011/12/noite-de-passagem-de-ano.html

Carlos Alberto disse...

ahahahahaha genial

Por falar em canoagem, será cá ou em Italia?

JNF disse...

Escreveste quase duas páginas de entrevista.

luis disse...

Bom.

Diego Armés disse...

Ao cair do pano, uma das tuas melhores passagens do ano: «Prioridades: 1.º, a vida pessoal; 2.º, entrevistas para o ego; 3.º, o Sporting. O Sporting sempre em 3.º lugar». Podias ser o Aimar da futeblogosfera...

Mário Rui Oliveira disse...

só para que conste, foi no dia que ele soube que a mãe dele tinha morrido.

Tiago disse...

Que post e comentários mais infelizes. O tal telefonema pessoal era a informar que a mãe tinha morrido.

Sinceramente acho que há situações em que as clubites doentias deviam ficar de lado...mas pronto...

primo do veiga disse...

Doentio é achar que terceiros têm obrigação de ter dotes de adivinho, como se calhar alguns bonecos que por aqui passam têm ou acham que têm.

O facto de 99% do post versar sobre aquilo que é habitual (mostrar, uma vez mais, como o sportem é um clube cada vez mais pequeno, sem rumo e a reboque de outros) não interessa nada. O que interessa é agarrar-se naquele 1% e atirá-lo à cara, como se fosse obrigação de toda a população saber-se o que aconteceu à mãe do senhor.

O que é que interessa mostrar-se que o senhor mete os pés pelas mãos e entra em contradições como quem entra em contra-mão na autoestrada quando diz que não tem tempo para muito mais senão trabalhar mas logo de seguida descreve uma série de actividades nos tempos livres que fariam qualquer trolha deste país corar de vergonha? Não interessa nada, o que interessa é atirar pedras a quem comenta e descreve tudo isso... porque tinha obrigação de ter dotes de adivinho e saber da situação da mãe do senhor, ora foda-se...

Por falar em ora foda-se, quando é que vamos poder ver ou ouvir os tais "incidentes muito graves" que envolviam o Luís Filipe Vieira, aquando da ultima visita do sportem ao Estádio da Luz, aquele tal jogo em que o sportem jogou como nunca, com mais um em campo como é habitual, mas que no final perdeu como sempre? Sim, o tal jogo em que incendiaram várias cadeiras e que depois tentaram abafar a realidade com tais "incidentes muito graves" que envolviam o Luís Filipe Vieira... devemos ir buscar uma poltrona ou isso vai (finalmente..) chegar com o novo ano?

jose disse...

Os incidentes com o LFV perderam-se no tunel de Coimbra, aquando da identificacao da PSP a um individuo aticador de piromaniacos.

Esperemos pelas imagens do artista a "falar" com o arbitro em Coimbra

Ah, espera, deve ser coincidencia, o home faria la isso alguma vez....

cacilhas disse...

Javier estava mortinho por voltar a competir...

cacilhas disse...

post e primo, um bocado idiotas.

LDP disse...

Relaxa cacilhas, ninguém te tirará desse pedestal.

cacilhas disse...

marra!