quinta-feira, junho 07, 2012

É fartar, villanage people!

Porque um árbitro estrangeiro é ainda mais fácil de corromper:

  • Pode fazer a merda que estiver combinada, que depois volta ao seu país e ninguém o chateia. Nem tem de ler as críticas nos dias seguintes e ouvir bocas de transeuntes. «Tudo bem, tem muita razão, este não apita mais, venha outro!»

  • Pode ir aos centros comerciais lá da terrinha fazer compras com os seus novos rendimentos sem ninguém lhe partir os dentes.

  • Pode jantar tranquilamente em qualquer marisqueira do seu país, que não estará lá ninguém para reparar.

  • É uma vez sem exemplo: «Se não aceitares, não voltamos a fazer-te esta oferta e vais arrepender-te para sempre.»

  • Está fora de casa e vai achar uma novidade a variedade de fruta à disposição. Os de cá já estão um bocado fartos disso e começam a pedir coisas mais caras.

  • Se vier de um país economicamente mais fraco, quinhentinhos dão para uma dúzia de penalties. Vítor Pereira já avisou que esta geração não se contenta mais com quinhentinhos, os preços mudaram. Veja-se o que aconteceu a Pereira Cristóvão por ter tentado forçar um descontinho.

  • O recrutamento será feito no país de origem, longe de olhares indiscretos e de escutas que nunca chegarão ao YouTube. Não será preciso receber ninguém em casa e poupa-se uma pipa de massa a iluminar o imóvel, que a vida está cara até para isso.
No fim de tudo, ainda se concluirá que os nossos não eram assim tão maus, e a imagem da arbitragem nacional sairá reforçada. Será bom para todos, menos para a verdade desportiva, mas também não era agora que iríamos começar a preocupar-nos com isso.

9 comentários:

TiArmindo disse...

Acho que a vinda de árbitros estrangeiros vai mostrar exactamente que os nossos são tão bons como esses, com uma vantagem, se calhar vão beneficiar menos os grandes, ou então vai ser exactamente a mesma coisa. Agora este post é um bocado uma palhaçada porque os adeptos do Benfica e alguns do Sporting também já há muito que clamam que isto só vai lá com árbitros estrangeiros. Há essa possibilidade surge logo um post a dizer que ainda é mais fácil corromper etc (o que se calhar até é verdade). Ou seja enquanto não era possível era uma boa solução agora já se mete umas aspas não vá isto correr mal... Enfim

xuto na xinxa disse...

O que é preciso é correr com garridos, vermes alguidares, comes dopings e outros incrustados na UEFA pelo corrupto mais papista qu Papa.

Ary disse...

Se vier de um país economicamente mais fraco

Oi?

POC disse...

Isto faz parte da estratégia. A meio do ano estamos a dizer que os nossos são melhores.
E assim, o Sistema continua, mais forte.

Não se deixem enganar...

JL Martins disse...

Fodaçe, já com isto? Arranjem uma chupeta para o boloposte, que este ano promete.

Joseph Lemos disse...

Estou 100% de acordo.
Não creio seja uma medida acertada uma vez que a esses árbitros a(in)justiça desportiva portuguesa nada lhes possa fazer a não ser que seja criado um regulamento internacional para o caso,o que me parece difífil.
Aos que hoje subornam a arbitragem em Portugal não lhes está vedado o caminho para acções do mesmo tipo no estrageiro,logo, como disse, a medida é pouco acertada. Até porque há provas e testemunhos de que já praticaram esse crime no estrangeiro.
O único caminho é acabar com a estrura corrupta existente criando leis severas e específicas fora do "intocável" universo desportivo (leis gerais)que possam precisamente combater os criminosos.
Não é fácil porque não existe a vontade política para a execução e sabe-se bem porquê.
Se a estrutura política do país é corrupta, como poderão eles combater a corrupção onde quer que seja? Aliás, dá-lhes muito jeito o mundo desportivo autónomo para também poderem tirar os seus dividendos.

Pedro disse...

No fim de tudo, a azia ainda não te passou boloposte. E antes era porque os senhores do apito tugas prestavam vassalagem ao Pinto da Costa, agora os estrangeiros também!

Sabes o que eu costumo dizer? Quando a inteligência não dá para mais...

É como bater no ceguinho ahah

Burmelho disse...

Com ou sem estrangeiros, qualquer árbitro é susceptível de ser corrompido. Mas que sendo estrangeiro seja mais fácil de aceitar as luvas por não haver consequências no dia a dia é uma forte probabilidade sim senhor.

Francesinha disse...

Arbitros estrangeiros? Corruptos

Arbitros tugas? Corruptos


Quando o slbosta é campeão? Viva os arbitros,foi um campeonato limpinho.

Cambada de frustrados e aziados.

Para a proxima época o Estoril está de volta...aproveitem :)