quinta-feira, janeiro 17, 2013

Procuro emprego

Carta ao PC.

Preciso emprego e acho que me pode ajudar.
Tenho 39 anos e quando era mais novo fui considerado um dos melhores jogadores do meu bairro e arredores. Num só ano, marquei mais de 40 golos em menos de 15 jogos.

Um guarda redes meu amigo - Roberto é o seu nome - chamava-me o fura redes, devido à potência dos meus remates de bico. Nunca percebi muito bem se ele tinha falta de visão ou apenas tinha medo de se aleijar.

Haviam outros que me chamavam o pesadindo, devido à leveza do meu corpo. Sim, nunca fui muito magro. Característica que melhorei com a idade.

Mas voltando ao que me leva a escrever esta carta, venho dizer-lhe que estou disponível para jogar no seu clube.
Só tenho umas 'dorzinhas' nos joelhos e 'juanetes' nos dedos dos pés, mas não é nada que não se ultrapasse. Afinal de contas, o departamento médico do seu clube, segundo se sabe, faz milagres.

Quanto ao salário não sou muito esquisito e tem meses que me alimento apenas de Fruta. Mas tem de ser fruta da boa, importada do leste por exemplo.

Aguardo, portanto, ansioso que responda positivamente à minha solicitação.

PS. Já me esquecia de dizer que eu sempre fui do Sporting, mas o clube do meu coração é o Porto.

3 comentários:

Viriato de Viseu disse...

Manda um video acompanhado por uma candidatura de emprego para Contomil.

Manuel disse...

Lol. Cuidado que eles até são capazes de responder! Tal é o desespero!

Francesinha disse...

O Aimar vai para o Dubai...